Anúncio

Leilões on-line salvam o mercado de cavalos em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 4 de julho de 2020 às 12:00
Atualizado em 5 de julho de 2020 às 15:08

Anúncio

Leilões on-line salvam o mercado de cavalos em Guarapari

Os leilões virtuais de cavalos tiveram um aumento significativo durante a pandemia. Com os eventos impedidos de acontecer para evitar aglomerações, criadores capixabas apostam nas vendas online dos animais e seus materiais genéticos para manter o faturamento.

E é por meio da transação virtual que o empresário Eder Mauro Mai, de 48 anos, pretender vender todos os lotes do sêmen do Raro Rancho Áquila e os dos embriões da Adrenalina Rancho Áquila. Os lances para comprar o material da égua da raça Mangalarga Marchador não serão menores do que 20 mil reais.

“É uma égua valiosa, uma estrela das pistas com apenas três anos. Tem até uma equipe de veterinários exclusiva, por isso cada embrião dela custa no mínimo R$ 20 mil. O sêmen do Raro venderemos por R$ 5 mil, porque é outra promessa das competições. Um grande campeão capixaba e pai de muitos campeões”, garante ele, que é dono de um haras com 100 animais localizado em Jaboticaba, no interior de Guarapari.

Eder já foi presidente da Associação dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador do Espírito Santo (ACCMMES) e explica ainda que esse mercado movimenta milhões durante o ano no Estado.

“Os leilões virtuais já existem há alguns anos, mas hoje são as únicas formas de ganharmos dinheiro para mantermos as porteiras abertas. O Espírito Santo possui cerca de 700 criadores ativos e uma tropa com 37 mil cavalos na raça Mangalarga Marchador, é um nicho que movimenta muito com leilões, copas de marchas e exposições. Mas infelizmente cerca de 70% dessa movimentação caiu com a pandemia, porém continua sendo um mercado promissor pela raça ser muito valorizada”, diz.

Já o médico veterinário Arthur Tristão, 29, explica como funciona essa comercialização pela internet.

“Os leilões começaram a ser virtuais, rivalizando com os presenciais na década de 90. Atualmente, o online supera, devido aos altos custos para realizar um evento presencial. Assim, a apresentação do cavalo é realizada por texto, vídeo e fotos aos interessados. Outra vantagem é que os leilões presenciais acontecem por algumas horas, já os da internet podem levar dias. O criador que quer vender um cavalo nesse tipo de leilão tem que escolher uma empresa especializada para organizar”, finaliza.

Foto e texto: Clovis Rangel.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

gasolina_posto_abastecimento_bomba

Petrobras reajusta gasolina em 7,6%

Esse é o primeiro aumento do ano. O último aconteceu no dia 29 de dezembro

vacinacao-covid-anchieta

Covid-19: vacinação começa em Anchieta e deve imunizar 205 pessoas

Nessa primeira fase serão vacinados os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate ao vírus.

Anúncio

Anúncio

unidade_de_saude_meaipe_sem_vacinadora

Posto de Meaípe está sem aplicador de vacinas há, pelo menos, 2 semanas

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que uma profissional está sendo treinada para atender a Unidade.

release-003.2021

Polícia apreende ecstasy, haxixe e cocaína em Anchieta

Anúncio

interdição

Em Guarapari, duas vias da Praia do Morro serão interditadas amanhã (20)

Medida visa garantir segurança e evitar grandes transtornos no trânsito do município.

vacina-contra-a-gripe-143438-article

Vacinação contra a Covid-19 começa quinta-feira (21) em Guarapari

As vacinas chegam ao município nesta quarta-feira (20).

Anúncio