Anúncio

Leitor flagra lixo entulhado da Prefeitura no bairro São José

Por Gabriely Santana

Publicado em 4 de fevereiro de 2016 às 16:33
Atualizado em 4 de fevereiro de 2016 às 16:33

Anúncio

Denúncia. Uma internauta, denunciou por meio de fotos ao Folha da Cidade uma ação de limpeza às avessas. Nas imagens é possível ver uma quadra inteira que serve como depósito da prefeitura de lixo e coisas velhas que, segundo os moradores do bairro São José, acumulam muita água. Segundo uma moradora do bairro, que preferiu não se identificar, muitos casos de dengue foram confirmados após a mudança do suposto almoxarifado da Prefeitura para esse terreno.

Na imagem é possível ver um ônibus, uma ambulância e guichês antigos de atendimento ao turista. Foto: Leitor

“Essa madrugada uma criança que mora numa casa ao lado dessa quadra foi diagnosticada com dengue. São inúmeros os casos. A população bairro está indignada, e as denúncias feitas à prefeitura não surtem efeito”, disse.

Nas fotos é possível ver no local muito lixo entulhado, ônibus velho e ainda guichês antigos de atendimento ao turista. “Mandei para o disque denuncia da cidade e eles alegaram que jogam produtos quinzenalmente, mas nunca ninguém viu essa prática. O local é de difícil acesso, e é uma pilha de metros de altura de lixo. Impossível não haver focos de mosquito. Ao redor do almoxarifado há duas escolas e muitas casas. A situação é literalmente preocupante”, concluiu a moradora.

Nota da Prefeitura

Há seis anos no local, funciona o setor de Controle e Manutenção de Veículos onde são guardados veículos pesados, equipamentos, materiais de obras, entre outros.

O Centro de Controle de Zoonoses informa que o local é considerado “Ponto Estratégico”, sendo monitorados constantemente pela Equipe Especial de Controle de Pontos Estratégicos a cada 15 dias e combatido com o uso de insecticida e larvicida. Assim, não é encontrando foco no local.

Pontos Estratégicos são locais vulneráveis à proliferação do vetor, devido ao acúmulo de materiais que servem de criadouros, como borracharias, ferros-velhos, rodoviárias, ferroviárias, logradouros públicos, cemitérios, locais com fins de lazer ou religiosos, piscinas de uso público, dentre outros.

Lembrando que todas as ações executadas seguem diretrizes do Manual de Normas Técnicas de Controle da Dengue, de acordo com o Ministério da Saúde. Denúncias podem ser feitas ao órgão através dos telefones 3262-1456 / 3262-1271 / 0800-283-9543 ou pelo WhatsApp (27) 99805-5838. Pelo WhatsApp podem enviar vídeos e fotos.

CASOS NO SÃO JOSÉ

Em janeiro deste ano não há registro de notificações. Em relação ao mesmo período no ano passado, foram quatro notificações e um caso positivo.

Segundo critérios epidemiológicos, historicamente não houve acréscimo de casos de dengue no bairro motivado pelo terreno.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

eduardo-junho-vermelho-doacao-de-sangue

Junho Vermelho: em Guarapari ações e campanhas incentivam doação de sangue

Trabalho visa contribuir com difícil tarefa do Hemoes*

gabriel-musica-2021-06-19

Dia do Orgulho Autista: conheça o cantor de Guarapari, Gabriel da Silva Carvalho

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-06-18-at-13.15.02

Artigo: uma Guarapari diferente por usar melhor os seus templos ociosos

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES abre 101 vagas em cursos presenciais, com oportunidades para Anchieta

Anúncio

IMAGEM-DE-DESCRIÇAO-DO-ARTIGO

Artigo: empréstimo consignado não autorizado; como cessar descontos e pedir indenização

bicicleta-ciclismo-pixabay-2021-06-19

Espírito Santo tem média de cinco bicicletas furtadas por dia

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que o índice caiu em comparação ao ano passado

Anúncio