Anúncio

Loja reduz limite do cartão de crédito sem avisar consumidora e é autuada pelo Procon de Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 11 de outubro de 2019 às 15:05
Atualizado em 11 de outubro de 2019 às 15:05
Anúncio

De acordo com o órgão, a atitude infringe o Código de Defesa do Consumidor.

Foto: Divulgação.

A loja Pernambucanas foi autuada pelo Procon de Guarapari, após reduzir o limite do cartão de crédito de uma consumidora sem aviso prévio.  De acordo com o órgão, que é vinculado à Procuradoria Geral do Município, atitudes como essa podem acarretar em multa para a empresa, podendo chegar a R$ 9 milhões de reais.

Segundo a reclamação, a cliente possuía um limite total de R$1.900,00, tendo disponível no momento da compra R$900,00. No entanto, tentou realizar uma compra no valor de R$300,00, que não foi aprovada. A reclamante então entrou em contato com a empresa do cartão para verificar o motivo, quando foi informada que o limite tinha sido reduzido para R$220,00.

O supervisor do Procon, Ewerton Maximino, explicou que a alteração unilateral do contrato infringe o Código de Defesa do Consumidor, ainda mais quando expõe o cliente a situações vexatórias, como nesse caso. “Várias pessoas compareceram ao órgão com o mesmo problema e nós não poderíamos agir de outra forma, frente a tamanho abuso por parte da empresa.”

O Procon de Guarapari está localizado na Rua Manoel Lino Bandeira, 523, em Muquiçaba. O consumidor que se sentir lesado pode procurar o órgão ou entrar em contato pelos telefones 3261-5513 ou 3262-5149.

*Com informações da Prefeitura de Guarapari

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Mais uma morte por Covid-19 em Guarapari; Município ultrapassa os 3.400 casos

A vítima fatal residia no bairro Muquiçaba que, sozinho, registra 244 casos e 7 óbitos

Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Liberada realização de eventos com até 100 pessoas em Guarapari

Permanece proibido o funcionamento de cinemas, boates, casas de show e afins

Anúncio
Anúncio
Foto: Hamilton Garcia

Estabelecimentos voltam a funcionar sem restrição de horário, em Guarapari

Além do comércio, o novo decreto flexibiliza o acesso às praias e a entrada de turistas na cidade

palacio-anchieta

Governo do Estado prevê orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021

Anúncio
Foto: Reprodução

Apae Guarapari arrecada alimentos para almoço solidário

O dinheiro da venda das refeições será destinado à manutenção da estrutura da instituição, que sofreu alguns devido às últimas chuvas

educacao-infantil

Divulgado protocolo para retorno das aulas presenciais na Educação Infantil no ES. Veja as regras!

Dentre as recomendações das secretarias de Educação e de Saúde, estão os cuidados básicos, como higienização correta dos espaços e o uso de máscaras

Anúncio