Anúncio

Mãe pede ajuda para seguir com o tratamento de fisioterapia do filho especial em Guarapari

Shirlei, mãe de Matheus, está com um profissional atendendo o filho em casa e precisa de ajuda para pagar as sessões

Por Aline Couto

Publicado em 17 de julho de 2020 às 11:46
Atualizado em 18 de julho de 2020 às 08:29

Anúncio

Mãe pede ajuda para seguir com o tratamento de fisioterapia do filho especial em Guarapari
Shirlei e o filho Matheus. Foto: Arquivo Pessoal.

Shirlei do Nascimento, mãe de Matheus Betzel, de 9 anos, que nasceu com paralisia cerebral, contratou um fisioterapeuta para continuar com o tratamento do filho em casa. Diante da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), Matheus, que faz parte do grupo de risco de contágio da doença, precisou parar as sessões que realizava em uma clínica.

“A equipe médica que cuida do Matheus mandou a gente ficar em casa para não correr o risco. Mas meu filho, que não anda, tem reclamado muito de dores nas pernas, coluna e quadril. Decidi retornar a fisioterapia em casa mesmo, com todos os cuidados necessários. Ele já fez duas sessões”, contou Shirlei.

Ela disse que recebeu o auxílio emergencial do Governo Federal, a mãe não trabalha fora para cuidar integralmente de Matheus, mas que não será suficiente para seguir com as sessões semanais. “Cada sessão é R$100 e são necessárias duas por semana. Por isso estou pedindo ajuda para que meu filho não precise parar de se tratar”.

Uma conta foi criada por Shirlei no picpay para quem quiser ajudar com qualquer valor: https://picpay.me/shirlei.matheus09

Mais informações: (27) 99813-8172 (Shirley)

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Leitos Covid ES

Casagrande anuncia ampliação de mais 30 leitos para atendimento à Covid-19

corona

Covid-19: Guarapari se aproxima dos 200 óbitos e 8 mil casos confirmados

Praia do Morro segue o bairro com mais infectados, 1.153, quase o dobro dos registrados em Muquiçaba, 618, segundo no número de casos

Anúncio

Anúncio

Carteiradetrabalho

47 vagas de emprego estão disponíveis no Sine de Anchieta; 33 para moradores de Guarapari

Os candidatos podem se candidatar a partir de hoje (25)

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

Anúncio

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

coluna dom antonio rotativo (7)

Rotativo: será que emplaca?

Anúncio