Anúncio

Mais que um restaurante, um exemplo de cidadania

Por Livia Rangel

Publicado em 23 de setembro de 2015 às 11:39
Atualizado em 23 de setembro de 2015 às 11:56

Anúncio

leandro cantinho do bacalhau

Leandro, proprietário do Cantinho do Bacalhau.

Você gosta de bacalhau? Difícil resistir à tradição de uma receita originalmente portuguesa, ainda mais quando o tempero é a solidariedade. Isso mesmo, o Cantinho do Bacalhau adotou uma política de responsabilidade socioambiental inovando não só o cardápio do restaurante como também servindo de exemplo para a sociedade.

Para cada prato à base de bacalhau vendido, o restaurante planta uma árvore e ajuda o Recanto dos Idosos Santo Antônio. O idealizador do projeto é o proprietário do restaurante Leandro Rabelo Athaide – que contou com o apoio do irmão e sócio Bruno Athaide. Mais uma prova de que o primeiro passo para ajudar o próximo e fazer a diferença no meio ambiente é a boa vontade.

Folha da Cidade – Como surgiu essa ideia?
Leandro Bacalhau
Eu acho importante as empresas adotarem políticas de responsabilidade social e ambiental. Então fiquei pensando em como eu poderia trazer essa realidade para o meu estabelecimento e foi quando tive a ideia de que a cada prato de bacalhau vendido eu plantaria uma árvore e ajudaria uma instituição carente da cidade e já estamos pensando em estender para todos os pratos do cardápio.

FC – Como funciona a questão do reflorestamento?
A princípio tinha pensado em entregar a muda diretamente ao cliente, mas depois vi que a logística não era muito favorável além de ter a questão do local certo de se replantar. Achei melhor, então, pedir ajuda à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Juntos encontramos uma solução viável. Eu doei 500 mudas de plantas nativas da Mata Atlântica à Secretaria – que vai dar a destinação correta às árvores. Já entreguei todas à Secretaria. Em troca, eles me deram tickets que correspondem a uma muda. Então quando o cliente pede um prato à base de bacalhau ele ganha esse ticket que comprova que ele também ajudou a plantar mais uma árvore às margens das nossas nascentes.

FC – Esse mesmo cliente também ganha o ticket social?
Sim. A doação é antecipada, o Recanto dos Idosos já recebeu R$ 1 mil, valor que corresponde a 500 tickets de R$ 2,00. Quando o cliente recebe o ticket é uma garantia de que R$ 2,00 estão sendo destinados à instituição por prato de bacalhau vendido.

ticket

Tickets entregues aos clientes comprovando as ações de reflorestamento e responsabilidade social do restaurante.

FC – E porque o Recanto dos Idosos?
Porque é uma instituição muito carente, que passa por diversas dificuldades financeiras e que faz um trabalho digno para a terceira idade. Tenho muitos clientes idosos e acho que isso também me inspirou um pouco.

FC – A campanha é válida até quando?
Nós começamos em agosto e a minha intenção é que seja permanente. Se cada estabelecimento comercial adotasse uma instituição, destinando valores simbólicos, certamente teríamos uma sociedade mais assistida e se cada empresa plantasse árvores teríamos uma cidade ainda mais linda e sustentável. Todo mundo pode ajudar um pouquinho que seja, mas esse pouquinho de todo mundo junto já seria uma grande diferença na sociedade. Espero que essa iniciativa seja amplamente copiada.

SERVIÇO

Cantinho do Bacalhau
3362-1935
Praia das Castanheiras, Centro
cantinhodobacalhau.com
facebook: cantinhodobacalhau54

Reportagem: Lívia Rangel

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

eduardo-junho-vermelho-doacao-de-sangue

Junho Vermelho: em Guarapari ações e campanhas incentivam doação de sangue

Trabalho visa contribuir com difícil tarefa do Hemoes*

gabriel-musica-2021-06-19

Dia do Orgulho Autista: conheça o cantor de Guarapari, Gabriel da Silva Carvalho

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-06-18-at-13.15.02

Artigo: uma Guarapari diferente por usar melhor os seus templos ociosos

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES abre 101 vagas em cursos presenciais, com oportunidades para Anchieta

Anúncio

IMAGEM-DE-DESCRIÇAO-DO-ARTIGO

Artigo: empréstimo consignado não autorizado; como cessar descontos e pedir indenização

bicicleta-ciclismo-pixabay-2021-06-19

Espírito Santo tem média de cinco bicicletas furtadas por dia

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que o índice caiu em comparação ao ano passado

Anúncio