Anúncio

Marcada para hoje (13) a votação dos abonos para os servidores do executivo e legislativo

Por Aline Couto

Publicado em 13 de dezembro de 2019 às 14:56
Atualizado em 13 de dezembro de 2019 às 15:05
Anúncio

Foto: Reprodução.

Nesta tarde, 17h, está marcada uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Vereadores de Guarapari. O objetivo é votar os abonos salariais dos servidores do município e da Casa de Leis.

O abono de mil reais para os funcionários da prefeitura e servidores da Codeg foi anunciado pelo prefeito, Edson Magalhães, no dia 25 de novembro e deve beneficiar cerca de quatro mil servidores. O comunicado do benefício de R$ 700 para os servidores da Câmara, tratado como inédito dentro do Legislativo Municipal, foi feito no início da tarde de ontem (12) pelo presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB). O abono contempla efetivos e assessores parlamentares totalizando cerca de 200 pessoas.

A votação do abono vem sendo motivo de debates no município e os servidores estavam receosos de não acontecer antes do recesso do legislativo, que inicia na próxima semana.

Entenda

Os vereadores do grupo “Parlamento Forte” vem esvaziando o plenário em forma de protesto, e com isso derrubando as sessões por falta de quórum, desde que a justiça concedeu liminar permitindo o retorno Dito Xaréu (SDD) ao cargo de vereador no início do mês. Ele havia sido cassado, com 12 votos favoráveis, três abstenções e uma ausência, por quebra de decoro parlamentar. O esvaziamento vem sendo criticado pelos vereadores da base do prefeito por conta do atraso na votação de projetos.

Foto: Arquivo

A Câmara foi questionada sobre as interrupções das sessões após o retorno do Dito: A Casa tem um posicionamento? Concorda com a atitude dos vereadores? Há possibilidade dos protestos estarem prejudicando votações importantes?

O órgão respondeu através de nota: “A Câmara Municipal de Guarapari informa que o protesto dos vereadores é uma resposta a interferência do Judiciário a uma decisão que cabia apenas aos parlamentares. Esta decisão foi tomada após uma investigação baseada no Regimento Interno da Casa de Leis, que constatou quebra de decoro por parte do vereador citado. Não é possível prever até quando os parlamentares irão protestar. Porém, a votação do abono dos servidores, que está sendo questionada pelos vereadores da base, não estava na pauta das duas sessões porque a mesma está paralisada. Mas, a presidência da Câmara convocou uma sessão extraordinária para sexta-feira (13) para votar o abono porque os vereadores não têm a intenção de prejudicar os servidores e a população”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Prefeito Gedson

Gedson Merizio pode se tornar deputado estadual por Guarapari

Os resultados das eleições municipais deste ano colocam Gedson com a possibilidade de assumir o cargo no próximo ano

Prêmio3

Professora de Guarapari está entre as finalistas do Prêmio Shell de Educação Científica

Cibele Machado é professora do nono ano do ensino fundamental II. Ela está na disputa e aguarda ansiosamente o resultado

Anúncio
Anúncio
casal-motohome (2)

Casal de Guarapari viaja em van com estrutura residencial montada por eles

Dentre os destinos favoritos do casal: Ubu, em Anchieta

praia do morro

Atrativos de Guarapari encantam agentes de viagem e imprensa paulista

Anúncio
Youtuber mirim2

Nascido em Guarapari, Youtuber mirim é exemplo de interação nas redes sociais

Davi Patrocínio, de apenas 3 anos, vem conquistando a internet com vídeos explicativos sobre a doença crônica que possui, além de incentivar outros a enfrentarem as dificuldades

atacado-vem-supermercado-foto-Antônio Ribeiro

Novos mercados promovem uma mudança radical em Guarapari

Anúncio