Anúncio

Marcada para hoje (13) a votação dos abonos para os servidores do executivo e legislativo

Por Aline Couto

Publicado em 13 de dezembro de 2019 às 14:56
Atualizado em 13 de dezembro de 2019 às 15:05
Anúncio

Foto: Reprodução.

Nesta tarde, 17h, está marcada uma sessão extraordinária na Câmara Municipal de Vereadores de Guarapari. O objetivo é votar os abonos salariais dos servidores do município e da Casa de Leis.

O abono de mil reais para os funcionários da prefeitura e servidores da Codeg foi anunciado pelo prefeito, Edson Magalhães, no dia 25 de novembro e deve beneficiar cerca de quatro mil servidores. O comunicado do benefício de R$ 700 para os servidores da Câmara, tratado como inédito dentro do Legislativo Municipal, foi feito no início da tarde de ontem (12) pelo presidente da Câmara, vereador Enis Gordin (PRB). O abono contempla efetivos e assessores parlamentares totalizando cerca de 200 pessoas.

A votação do abono vem sendo motivo de debates no município e os servidores estavam receosos de não acontecer antes do recesso do legislativo, que inicia na próxima semana.

Entenda

Os vereadores do grupo “Parlamento Forte” vem esvaziando o plenário em forma de protesto, e com isso derrubando as sessões por falta de quórum, desde que a justiça concedeu liminar permitindo o retorno Dito Xaréu (SDD) ao cargo de vereador no início do mês. Ele havia sido cassado, com 12 votos favoráveis, três abstenções e uma ausência, por quebra de decoro parlamentar. O esvaziamento vem sendo criticado pelos vereadores da base do prefeito por conta do atraso na votação de projetos.

Foto: Arquivo

A Câmara foi questionada sobre as interrupções das sessões após o retorno do Dito: A Casa tem um posicionamento? Concorda com a atitude dos vereadores? Há possibilidade dos protestos estarem prejudicando votações importantes?

O órgão respondeu através de nota: “A Câmara Municipal de Guarapari informa que o protesto dos vereadores é uma resposta a interferência do Judiciário a uma decisão que cabia apenas aos parlamentares. Esta decisão foi tomada após uma investigação baseada no Regimento Interno da Casa de Leis, que constatou quebra de decoro por parte do vereador citado. Não é possível prever até quando os parlamentares irão protestar. Porém, a votação do abono dos servidores, que está sendo questionada pelos vereadores da base, não estava na pauta das duas sessões porque a mesma está paralisada. Mas, a presidência da Câmara convocou uma sessão extraordinária para sexta-feira (13) para votar o abono porque os vereadores não têm a intenção de prejudicar os servidores e a população”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

PM GRI

PM de Guarapari faz sucesso na internet e tem mais de 80 mil seguidores

Raphael Santana também faz faculdade de direito e trabalhos como modelo

Foto: Arquivo/Folha

INMET emite alerta de chuva forte e ventos intensos em Guarapari

Ao todo, 50 municípios capixabas podem ser afetados pela mudança climática; Há risco de alagamentos, deslizamentos e transbordamentos de rios

Anúncio
Anúncio
HFA_fachada_tratada-1024x778

Votação popular: Hifa Guarapari pode ser contemplado com emenda parlamentar

A proposta consiste na renovação do Parque Tecnológico da Unidade Hospitalar do Centro Cirúrgico com aquisição de novos equipamentos

nesio

Covid-19: Secretário diz que número de casos deve aumentar nos próximos dias, mas não é ‘nova onda’

Nésio Fernandes explicou os fatores que vão influenciar no aumento de casos

Anúncio
drogas GRI

Operação conjunta prende suspeito de tráfico de drogas em Guarapari e Vila Velha

processo-seletivo

Seger abre processo seletivo para cargo com remuneração de R$ 4,5 mil

Anúncio