Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Marco da nova idade da cidade de Guarapari está quase abandonado

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 31 de maio de 2020 às 15:00
Atualizado em 1 de junho de 2020 às 15:53

Anúncio

Foto: Antônio Ribeiro

Voltou a ganhar força o movimento para considerar a idade da cidade pelo marco inicial da fundação, no caso a construção da Fonte dos Jesuítas, por São José de Anchieta, e não como comemorado até os dias de hoje.

Com isso Guarapari teria 435 anos e não 127 como na contagem atual, o que faz uma grande diferença, colocando a cidade no seu lugar histórico, junto a outras cidades que recebem muitos turistas por isso.

Como o movimento está acontecendo por historiadores na Câmara dos Vereadores de Guarapari e o fato inicial é bem documentado, acredito que em algum tempo teremos esta grande mudança.

Para que Guarapari se insira no roteiro turístico das cidades histórias, tanto a Fonte dos Jesuítas como as Ruínas da Antiga Matriz, precisariam receber uma melhor atenção na manutenção.

A Fonte que é a última remanescente de mais de uma dezena de outras que existiram na região, não tem mais a placa indicativa com dados históricos e com acesso difícil ao turista.

Foto: Antônio Ribeiro

O Restaurante Katakas se ofereceu para custear a placa, mas empacou na burocracia. A escada existente, que só é cuidada nos Passos de Anchieta, está com falhas justo no corrimão.

Infelizmente a área da Fonte virou abrigo de drogados, principalmente no verão, quando muitos simplesmente moram ali, lavando roupa, fazendo comida e suas necessidades, no mar.

Afora isso, uma casa sem telhado, caindo aos pedaços, serve de abrigo para um baseado e sexo atrás das paredes que ainda permanecem, já que o mato toma conta e ajuda a esconder.

Soube inclusive que uma casa já com projeto aprovado para ser construída ao lado desta e melhorar o visual e o acesso, está sendo alvo de revisão da decisão de autorização de construção.

Antes de chegar a estas, um grande lixão bem na entrada, que só quando uma retro escavadeira e um caminhão passam, é esvaziado, dá péssima imagem.

Por nossa história, tudo isso precisa ser revisto e melhorado!

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

CAFE DE LA MUSIQUE COMUNICA ADIAMENTO DAS ATRAÇÕES BEACH CLUB W

Procon notifica beach club de Guarapari para devolver valores de ingressos de shows cancelados

renan-bolsonaro-2021-07-23

Filho de Jair Bolsonaro chega ao ES para reality show em mansão de Guarapari

Anúncio

Anúncio

vacina-covid-segunda-dose-2021-07-22

Mais de 60 mil pessoas não voltaram para segunda dose de vacina da Covid-19 no Espírito Santo

instituto-amar-mutirao-recolher-lixo-2021-07-22o

Grupo realiza mutirão de limpeza nas praias do Boião e do Morcego em Guarapari

Ação acontece neste domingo (25), às 8h da manhã com concetração na Praia do Boião

Anúncio

vacina 65 69 3

Guarapari abre novo agendamento para imunizar pessoas acima de 28 anos contra Covid-19

2.500 vagas serão disponibilizadas neste agendamento

apae-guarapari-dia-das-criancas-2021-07-22

Parceria com os Correios permite nova forma de doação para Apaes do Espírito Santo

Anúncio