Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Marco da nova idade da cidade de Guarapari está quase abandonado

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 31 de maio de 2020 às 15:00
Atualizado em 1 de junho de 2020 às 15:53
Anúncio
Foto: Antônio Ribeiro

Voltou a ganhar força o movimento para considerar a idade da cidade pelo marco inicial da fundação, no caso a construção da Fonte dos Jesuítas, por São José de Anchieta, e não como comemorado até os dias de hoje.

Com isso Guarapari teria 435 anos e não 127 como na contagem atual, o que faz uma grande diferença, colocando a cidade no seu lugar histórico, junto a outras cidades que recebem muitos turistas por isso.

Como o movimento está acontecendo por historiadores na Câmara dos Vereadores de Guarapari e o fato inicial é bem documentado, acredito que em algum tempo teremos esta grande mudança.

Para que Guarapari se insira no roteiro turístico das cidades histórias, tanto a Fonte dos Jesuítas como as Ruínas da Antiga Matriz, precisariam receber uma melhor atenção na manutenção.

A Fonte que é a última remanescente de mais de uma dezena de outras que existiram na região, não tem mais a placa indicativa com dados históricos e com acesso difícil ao turista.

Foto: Antônio Ribeiro

O Restaurante Katakas se ofereceu para custear a placa, mas empacou na burocracia. A escada existente, que só é cuidada nos Passos de Anchieta, está com falhas justo no corrimão.

Infelizmente a área da Fonte virou abrigo de drogados, principalmente no verão, quando muitos simplesmente moram ali, lavando roupa, fazendo comida e suas necessidades, no mar.

Afora isso, uma casa sem telhado, caindo aos pedaços, serve de abrigo para um baseado e sexo atrás das paredes que ainda permanecem, já que o mato toma conta e ajuda a esconder.

Soube inclusive que uma casa já com projeto aprovado para ser construída ao lado desta e melhorar o visual e o acesso, está sendo alvo de revisão da decisão de autorização de construção.

Antes de chegar a estas, um grande lixão bem na entrada, que só quando uma retro escavadeira e um caminhão passam, é esvaziado, dá péssima imagem.

Por nossa história, tudo isso precisa ser revisto e melhorado!

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reproduçao / Sinestesia - Criatividade Coletiva

Prazo para cadastramento de fazedores de cultura de Guarapari vai até terça-feira (11)

O objetivo da iniciativa é criar um banco de dados da cultura local, facilitando o acesso ao auxilio emergencial da Lei Aldir Blanc

cestas básicas

Ong do bairro Adalberto distribui cestas básicas para famílias carentes de Guarapari

As cestas doadas pela Associação Crescer Com Viver foram obtidas por meio do movimento Saúde e Ação, pelo instituto Unimed Vitória

Anúncio
Anúncio
marketing digital

Readequação dos atuais negócios ao período pós pandemia da Covid-19

Foto: Reprodução

Guarapari registra mais duas mortes e totaliza 85 óbitos pela Covid-19

As vítimas fatais da doença residiam nos bairros Coroado e Santa Mônica

Anúncio
Imagem prioridade de tramitação - artigo Larissa

Artigo: Prioridade de tramitação nas execuções de honorários advocatícios

Casagrande

Governo do ES divulga 17º Mapa de Risco da Covid-19

O mapa terá vigência entre a próxima segunda-feira (10) e o domingo (16)

Anúncio