Anúncio

Matrículas da rede estadual começam na próxima segunda (16)

Por Livia Rangel

Publicado em 11 de novembro de 2015 às 11:24
Atualizado em 11 de novembro de 2015 às 11:24

Anúncio

escola normalComeça na próxima segunda-feira (16), o processo de matrícula na rede estadual de ensino, conhecido como Chamada Pública Escolar. O prazo vai até sexta-feira (20) e compreende tanto a rematrícula quanto a transferência interna, que é quando o aluno solicita a mudança de escola.

Já a pré-matrícula, para os estudantes com idade mínima de 06 anos completos ou a completar até 31/03/2016, acontece de 27 de novembro ao dia 14 de dezembro. Pela primeira vez, a pré-matrícula será realizada exclusivamente pela internet, no site da Sedu (www.educacao.es.gov.br). O estudante que não tiver acesso à internet, pode se dirigir a uma das escolas da rede para fazer o pedido.

Segundo informações da Sedu, para solicitar a Pré-matrícula é preciso preencher até cinco opções de unidades escolares onde deseja ingressar. A distribuição das vagas obedece a seguinte ordem de prioridade: estudante com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação; estudante que reside próximo à unidade escolar pleiteada, desde que tenha vaga; estudante que tenha irmão(s) estudando nessa unidade escolar, desde que tenha vaga, e aluno com menor idade.

Resultado. O resultado será divulgado no dia 18 de dezembro, a partir das 17 horas, no site www.educacao.es.gov.br, no banner Chamada Pública Escolar 2016.

Já a efetivação da matrícula deverá ser realizada no período de 21 a 30 de dezembro. “Nessa etapa é muito importante a participação das famílias. Aquele pai/responsável que não comparecer à unidade escolar, para efetivar a matrícula, não terá a garantia de vaga do aluno”, explica o secretário de Estado de Educação, Haroldo Rocha.

Documentos. Para efetivação da vaga, é necessário que o nome do aluno conste na relação publicada no site da Sedu e que sejam apresentadas cópias dos documentos relacionados abaixo:

– Certidão de nascimento ou de casamento;

– Histórico escolar ou declaração de conclusão de série/ano;

– Comprovante de residência original através do IPTU, da fatura de energia, de água, de telefone, de contrato de locação ou outros documentos que comprovem;

– Título de eleitor e certificado de alistamento militar (sexo masculino) para os alunos maiores de 18 anos;

– Laudo médico para os alunos com deficiência e com transtornos globais do desenvolvimento.

– RG e/ou CPF, caso o aluno possua;

Outra novidade deste ano é que será solicitada a apresentação da fatura de energia. O secretário explicou que a exigência será para ofertar melhor as vagas e planejar o transporte escolar. “A fatura de energia será para que possamos identificar as coordenadas geográficas dos locais de residência dos alunos. O objetivo é melhorar a distribuição das vagas e otimizar o uso do transporte escolar que passará a ter um sistema georreferenciado”, disse Rocha.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Pacientes não conseguem medicamento para tratamento de Parkinson em Guarapari

sequelas cirurgia8

Com sequelas devido a uma cirurgia, jovem de Guarapari precisa de tratamento e mãe pede ajuda

Anúncio

Anúncio

impostos-combustiveis-gasolina-2021-09-28

Para evitar aumentos, Governo do Espírito Santo congela imposto de combustíveis

processo_seletivo-2021-04-01

Anchieta abre seleção com remuneração de até R$9 mil

Inscrições acontecem nesta quinta (30) e sexta-feira (01)

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Covid-19: Guarapari realiza ação sem agendamento para imunização com a vacina Coronavac

retorno creche alegria (8)

Creche Alegria retorna as atividades em Guarapari

Por conta da pandemia, as crianças assistidas pela instituição mantiveram o contato com os profissionais por meio de redes sociais e realizavam as atividades em casa

Anúncio