Anúncio

Ministério Público Federal condena por fraude funcionário da Caixa Econômica de Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 6 de março de 2020 às 11:09
Atualizado em 6 de março de 2020 às 11:09

Anúncio

A fraude foi confirmada em duas ocasiões, 2010 e 2013

Foto: Arquivo/Folha.

O Ministério Público Federal no Espírito Santo (MPF/ES) obteve a condenação de Marcelo Gonçalves dos Santos, funcionário da Caixa Econômica Federal, por ter fraudado, nos anos de 2010 e 2013, o sistema de penhor do banco.

Ele recebeu pena de quatro anos de reclusão, a ser cumprida em regime inicialmente aberto e que poderá ser substituída por pena de prestação de serviços à comunidade, além de prestação pecuniária no valor de R$ 60 mil e o pagamento de 70 dias-multa.

A Justiça ainda fixou que o montante mínimo para a reparação dos danos será de R$ 12,4 mil a serem atualizados desde dezembro de 2013 até a data do pagamento, relativos a um dos contratos de penhor que foi realizado irregularmente pelo réu sem a apresentação de garantia idônea. O valor total deste contrato era de R$ 8.492.

O então funcionário trabalhava na agência de Guarapari e, nos dias 14 de maio de 2010 e 4 de dezembro de 2013, inseriu dados falsos no sistema informatizado de penhor da Caixa com o objetivo de obter vantagens indevidas.

O crime de inserir ou facilitar a inserção de dados falsos, alterar ou excluir indevidamente dados corretos nos sistemas informatizados ou bancos de dados da Administração Pública com o fim de obter vantagem indevida para si ou para terceiros, tem pena que varia de dois a 12 anos de reclusão, e multa.

  • Com informações: Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal no Espírito Santo

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio