Anúncio

“Moqueca é capixaba, o resto é peixada”

Por Livia Rangel

Publicado em 18 de setembro de 2015 às 14:25
Atualizado em 7 de outubro de 2015 às 18:29

Anúncio

idalina e Inez

Maria Inez (de branco), que há 35 anos prepara a Moqueca do Gaeta, e Idalina, proprietária.

Maria Inez dos Santos, 63 anos de idade e 35 anos fazendo um dos pratos mais conhecidos da região: a moqueca do Gaeta. A paixão pela cozinha é de criança, mas a tradicional receita aprendeu mesmo no seu primeiro e único emprego onde trabalhou inclusive com sua mãe, Olinda – uma das primeiras funcionárias do restaurante, que fica em Meaípe.

“Eu sempre gostei de cozinhar, é tendência da família. Eu já fazia moqueca antes de entrar no Gaeta. Mas foi aqui que aprendi a fazer a verdadeira moqueca capixaba. Se minha mãe ainda fosse viva, ela estaria aqui até hoje trabalhando com a gente. Teve uma época em que também cozinhava aqui com minhas duas irmãs”, lembra Inez.

Uma cozinheira literalmente de mão cheia, que já fez o prato mais famoso da culinária capixaba para diversas celebridades. A lista é grande e conta com gente renomada como a cantora Wanderlea, a atriz Fernanda Souza, Dinho do Capital Inicial, Dudu Nobre, Samuel Rosa do Skank, o ator Marcos Palmeiras. Mas quem ela não esquece é o grupo do Fundo de Quintal.

E não é só a moqueca de badejo, dourado e robalo que tem conquistado o paladar dos capixabas e turistas. A moquequinha de banana também faz sucesso à mesa. “Hoje compro banana da terra igual compro peixe”, conta a proprietária Idalina Matos. Uma receita que criou para atender um público vegetariano há mais de 30 anos.

Outra sensação da casa é a esperada hora da sobremesa: a tortinha de coco. Mais uma receita própria que incrementou a gastronomia local. “O Gaeta completa 50 anos de tradição em janeiro. É um orgulho fazer parte da história da nossa terra”, disse o sócio nos negócios, Nhozinho Matos.

[box style=”0″] 30 de setembro: o Dia da Moqueca Capixaba
“A moqueca é capixaba, o resto é peixada” já diz as sábias palavras do jornalista e escritor Cacau Monjardim. Ele que tem um motivo a mais para comemorar no seu aniversário em 30 de setembro. Data em que foi instituída como o Dia da Moqueca, pela Lei 8.313/2012. O tempero especial que faltava para marcar historicamente a importância do prato. [/box]

Reportagem: Lívia Rangel

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

foto-mulheres_que_lutam-2021-06-24

Grupo de mulheres de Guarapari realiza protesto contra feminicídio

Ato cobra compromisso do Poder Judiciário com ações que combatam o feminicídio

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

Anúncio

Anúncio

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

Anúncio

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

Anúncio