Anúncio

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 1 de junho de 2020 às 15:52
Atualizado em 2 de junho de 2020 às 11:42

Anúncio

Lucineia Silva Santos. Foto: Divulgação

Aos 16 anos de idade, Lucineia Santos de Souza teve leucemia e contou com doações de vizinhos, amigos e familiares para arcar com os custos do tratamento. Hoje, aos 41 anos, resolveu retribuir a generosidade produzindo e doando máscaras para aqueles que não têm condições de comprá-las. Assim, já ajudou mais de 500 moradores de comunidades carentes de Guarapari a se manterem protegidos do novo coronavírus (Covid-19). 

Lucineia conta que resolveu produzir e distribuir gratuitamente as máscaras para ajudar as famílias que não teriam condições de comprá-las. “Eu vi muita gente vendendo máscaras por cinco ou seis reais, mas tem gente que não tem dinheiro nem para comprar o pão”, relata. Pensando nessas pessoas, a baiana, que mora em Guarapari desde 1990, resolveu usar as habilidades com costura para retribuir a generosidade que recebeu no passado. 

“Quando eu tinha 16 anos de idade, tive leucemia e hepatite B. Na época, as pessoas nos ajudaram muito. Nós recebíamos cestas básicas, roupas, doações em dinheiro para comprar os medicamentos. Foi graças a isso que consegui concluir o tratamento. Hoje, eu estou tentando retribuir o que recebi”, conta. 

Para produzir as máscaras, Lucineia contou com a ajuda do cunhado, que a deu um saco de retalhos, e da comadre, que a auxiliou a embalar as máscaras antes de distribuí-las. Em dois dias, produziu cerca de 180 máscaras. Ao todo, mais de 500 unidades já foram doadas a moradores de Praia do Riacho e Bico do Urubu. 

Lucineia pretende dar continuidade ao trabalho e produzir ainda mais máscaras. Para isso, conta com a colaboração da população, que pode doar tecido, retalhos e elástico. Assim, ela poderá ajudar ainda mais pessoas a manterem-se protegidas da Covid-19. Para doar, entre em contato por meio do número (27) 99713-9036.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

camara_ouvidoria_da_mulher

Coordenadora e vereadoras realizam “pit-stop” sobre Ouvidoria da Mulher da Câmara de Guarapari

Ato acontecerá na segunda-feira (8), de 13h às 15h, na rotatória do ExtraCenter, em Muquiçaba

project_20210302_2247336-01

Artigo: Cancelei meu evento particular devido à Covid-19. E agora?

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-03-05-at-11.50.30

Reivindicação de comunidade sobre trecho da BR-101 em Guarapari será analisada em revisão quinquenal

Projeto, de responsabilidade da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), será executado pela Eco-101. Próxima revisão deve acontecer em 2023

mulheres_conselho_municipal

Dia Internacional da Mulher será memorado com atividades nos Cras de Guarapari

Atividades voltadas para as mulheres atendidas acontecerão nos Centros de Referência e Assistência Social de Olaria, Santa Mônica e São José

Anúncio

odalva_vasconcelos2

Vítima de complicações da Covid-19, Odalva Vasconcelos, do Lions Clube Guarapari, faleceu na noite de ontem (5)

Conhecida por sua generosidade, Odalva veio a falecer por complicações da Covid-19

qualificar_es_mulheres

Qualificar ES abre 5 mil vagas para mulheres em cursos online gratuitos

As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (08) com 10 opções de cursos on-line e gratuitos

Anúncio