Anúncio

Moradores de Guarapari poderão se vacinar contra o Sarampo nesse sábado (17)

Por Sara de Oliveira

Publicado em 14 de agosto de 2019 às 16:11
Atualizado em 14 de agosto de 2019 às 16:11

Anúncio

Os pontos de vacinação estão localizados em Meaípe, Kubitschek, Bela Vista, Santa Mônica e Muquiçaba e funcionarão de 08h as 16h.

Foto: Reprodução.

Uma campanha de vacinação contra o sarampo será realizada em Guarapari no próximo sábado (17). As vacinas são destinadas a pessoas com idade entre 01 e 49 anos, que no momento da aplicação devem portar o cartão de vacina e o CPF ou o cartão do Sus. Os pontos de vacinação estão localizados em Meaípe, Kubitschek, Bela Vista, Santa Mônica e Muquiçaba e funcionarão de 08h as 16h.

As vacinas serão aplicadas na Unidade Básica de Saúde Tereza Loyola de Jesus, em Meaípe; Unidade de Saúde da Família (USF) Mário Sérgio, em Kubitschek; USF Pedro Machado, em Bela Vista; Escola Marinalva Aragão Amorim, em Santa Mônica e no ExtraCenter, em Muquiçaba. A campanha é promovida pela Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Foto: Divulgação.

Primeiro caso importado de sarampo no ES

Uma moradora de Cariacica foi diagnosticada com sarampo nesta semana. O primeiro caso importado da doença no Espírito Santo foi confirmado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) na última segunda-feira (12). De acordo com informações do Governo do Estado, a jovem de 19 anos esteve em São Paulo entre os dias 14 e 21 de julho e adoeceu na volta ao estado.

O governo informou que a jovem, que já está curada e passa bem, ficou em isolamento domiciliar. Também foram realizados procedimentos de bloqueio vacinal seletivo nas pessoas que tiveram contato com ela, além da varredura em cinco quadras no entorno do local onde ela mora.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo fez um pedido a todos os profissionais de saúde para que fiquem atentos aos sinais e sintomas do sarampo, como febre, manchas avermelhadas no corpo (exantema) acompanhados de tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite. Danielle enfatizou a importância de notificar a Vigilância Epidemiológica municipal para que esta possa tomar as medidas necessárias de controle. De acordo ela, qualquer contato com uma pessoa doente apresenta um alto risco, já que o contágio acontece pelo ar.

Orientações 

  • Todos os indivíduos de 1 a 29 anos de idade devem ter duas doses de vacina contra o sarampo para serem considerados protegidos;
  • Adultos entre 30 e 49 anos de idade, sem comprovação de nenhuma dose, devem receber pelo menos uma dose da vacina tríplice viral (SCR), que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola;
  • Profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, dentistas e outros), independentemente da idade, devem ter registradas duas doses;
  • Além disso, a Opas e a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam que todos os viajantes que não apresentem prova de vacinação ou imunidade recebam a vacina de sarampo e rubéola — preferencialmente a vacina tríplice viral — pelo menos duas semanas antes do deslocamento para áreas onde a transmissão do sarampo foi documentada;
  • A vacinação de rotina de crianças maiores, adolescentes e adultos que não tenham comprovação de vacinação prévia, deve ser fortemente incentivada. São considerados adequadamente imunizados aqueles que apresentarem duas doses da vacina contra o sarampo, com intervalo mínimo de um mês entre elas e aplicadas acima de 1 ano de idade.
  • Pessoas que trabalham na rede hoteleira, restaurantes e bares devem comparecer as unidades para vacinação, pois Guarapari é uma cidade turística, sendo de fundamental importância atingirmos esse público.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

caso-agressao-pm-gri-2021-09-28

Policiais agridem mulher em Guarapari; Casagrande pede providências imediatas

pfizer

Guarapari realiza agendamento para segunda dose da vacina Pfizer contra a Covid-19

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução

Pacientes não conseguem medicamento para tratamento de Parkinson em Guarapari

sequelas cirurgia8

Com sequelas devido a uma cirurgia, jovem de Guarapari precisa de tratamento e mãe pede ajuda

Anúncio

impostos-combustiveis-gasolina-2021-09-28

Para evitar aumentos, Governo do Espírito Santo congela imposto de combustíveis

processo_seletivo-2021-04-01

Anchieta abre seleção com remuneração de até R$9 mil

Inscrições acontecem nesta quinta (30) e sexta-feira (01)

Anúncio