Anúncio

Moradores do bairro São Gabriel se unem para reformar casa de senhora em Guarapari

Os vizinhos se mobilizaram para construir um banheiro para a mulher de 59 anos, que tem câncer de mama e vive em situação precária

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 9 de julho de 2020 às 09:02
Atualizado em 10 de julho de 2020 às 08:18
Anúncio
Foto: Leitor

Recentemente, moradores do bairro São Gabriel, em Guarapari, se mobilizaram para ajudar uma vizinha, que foi diagnosticada com câncer de mama e mora em uma casa com condições precárias, que sequer possui um banheiro. Arrecadando doações, os vizinhos pretendem reformar o espaço para que a senhora, de 59 anos, retorne para um ambiente confortável e digno, assim que receber alta do hospital. 

Judite Rigoni é uma das vizinhas que está a frente dessa rede de solidariedade e conta como tudo começou. “Eu vivo no bairro há 18 anos e ela há aproximadamente seis anos. Eu a conhecia de vista, porque ia ao comércio onde eu trabalho, mas só me aproximei realmente depois que ela se separou do companheiro e comecei a perceber que ela andava suja. Conversando com ela, descobri que o local em que morava não tinha banheiro e ela fazia as necessidades em um saquinho plástico”. 

Foto: Leitor

Sensibilizada ao tomar conhecimento sobre as condições em que vivia a vizinha, cuja identidade não será revelada para que tenha a intimidade preservada, Judite conta que começou a ajudar como podia e percebeu que outros moradores do bairro apareceram para colaborar. “Eu levava refeições para ela e eu e alguns vizinhos começamos a nos revezar para lavar as roupas dela”. 

Mas, segundo ela, a situação se tornou ainda mais crítica quando a senhora, que atualmente mora sozinha, foi diagnosticada com câncer de mama. “Ela me disse que o peito dela ainda tinha leite, estranhei já que o filho mais novo dela tem 26 anos. Uma agente de saúde muito atenciosa nos orientou e descobrimos que ela tem câncer nos seios”, relata. “Como ela não tinha banheiro em casa, não conseguia tomar banhos regulares e cuidar devidamente dos curativos, que passavam horas sem ser trocados”. 

Hoje, a senhora encontra-se internada no Hospital Santa Casa, em Vitória, aguardando os exames e documentos necessários para passar pela cirurgia de retirada do tumor. Enquanto isso, os vizinhos agilizam o possível para proporcioná-la condições melhores que as atuais durante o período pós-operatório. “Nós contratamos um pedreiro, que está cobrando um preço irrisório para fazer a reforma. Vamos construir um banheiro para ela, consertar as paredes, que foram danificadas pela infiltração, e comprar uma mobília básica, o suficiente para ela viver com dignidade. Já conseguimos um colchão doado, cimento e R$350,00 em dinheiro para pagarmos a mão de obra”, explica Judite.

Caso queira colaborar com a reforma, entre em contato com Judite por meio do número (27) 99858-3307 ou com Vera, também responsável pela arrecadação, através do telefone (27) 99726-9809, que informarão os itens de maior urgência e passarão maiores instruções para a doação.  

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Com mais um óbito, Guarapari totaliza 82 mortes pela Covid-19

O município registra 2.084 casos confirmados e 1.698 curados, além de 3.979 casos suspeitos

praça

Moradores de Meaípe se unem e criam praça em área abandonada do bairro em Guarapari

A comunidade batizou de “Praça da Sereia” o espaço que vem sendo criado a partir de esforços coletivos

Anúncio
Anúncio
Esgoto Itapebussu2

Guarapari: Esgoto “invade” há anos casa em Itapebussu; moradora pede solução

Foto: Reprodução

Sine Anchieta anuncia vagas com oportunidades de emprego em Guarapari

Dentre as vagas de emprego anunciadas, há oportunidades para moradores de Anchieta, Guarapari, Piúma e Iconha

Anúncio
capa-curado-covid

Curado da Covid-19, idoso retorna para casa em Guarapari após 22 dias internado

Aos 79 anos, Helvécio Gomes dos Santos esteve hospitalizado do dia 08 ao dia 30 de junho; Hoje, recebe ajuda de familiares para lidar com as sequelas da doença

live

Sexta (07) tem live solidária em prol da Pestalozzi de Alfredo Chaves e Amor que Late & Mia

A transmissão acontecerá no Youtube, no canal Jonas Munaldi Produções, a partir das 19h

Anúncio