Anúncio

Moradores querem utilizar posto policial abandonado

Por Natália Zandomingo

Publicado em 30 de outubro de 2016 às 15:37
Atualizado em 30 de outubro de 2016 às 11:48
Anúncio
Imagem: Google.

Imagem feita em 2013. Foto: Google.

Abandonado há seis anos, o antigo pelotão da Polícia Militar do bairro Adalberto Simão Nader foi completamente depredado. Localizado na avenida Rosalina Rossi Assunção, próximo à Unidade de Saúde, o imóvel que poderia ser usado em benefício da comunidade está trancado e sem uso.

Segundo Vagner de Oliveira Serafim, o posto policial funcionou por, aproximadamente, um ano e depois foi desativado. O local servia de base para os policiais e era um reforço na segurança da região.

Para Vagner, o local poderia ser usado para outros fins, como para implantar a sede da Associação de Moradores, que está sem representantes. “Esse posto poderia ser usado pela comunidade, seja para a associação ou para algum projeto social “. O morador contou que a edificação possui três salas e um banheiro.

Para entender os motivos do abandono do local e saber se existe algum projeto de reativação, entremos em contato com a assessoria da Polícia Militar do Espírito Santo, mas, devido ao feriado do dia do servidor público, não tivemos resposta do órgão.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari contabiliza mais um óbito e ultrapassa a marca de 1.200 casos

55 casos foram registrados nas últimas 24h; O município registra, hoje (09), 1233 casos da doença e 54 óbitos

Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta investe em obras na sede e no interior do município

Mesmo focada nas ações de prevenção a Covid-19, a Prefeitura segue com obras para dar mais segurança e qualidade de vida aos moradores

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Coronavírus já infectou 19 idosos residentes e 10 trabalhadores em instituições de Guarapari

O crescimento percentual da Covid-19 nesses idosos no ES, de 22 de maio até 3 de julho, foi de 630%. A verificação é realizada em 36 municípios do Estado

MãesColorindo

Mães cobram acessibilidade para os filhos especiais em parques e praças de Guarapari

“Acessibilidade e inclusão significam que todos terão direito a usufruir dos serviços prestados com qualidade, que todos poderão explorar o ambiente sem nenhuma barreira e restrição” disse uma das mães.

Anúncio
caso canil pitbull

Polícia Civil de Guarapari investiga caso de brigas e mortes entre cães

31ba2ffa-fff3-45e2-ac13-5c8c5947830d

Moradores do bairro São Gabriel se unem para reformar casa de senhora em Guarapari

Os vizinhos se mobilizaram para construir um banheiro para a mulher de 59 anos, que tem câncer de mama e vive em situação precária

Anúncio