Anúncio

Moradores reclamam de dificuldade no agendamento para receber as cestas básicas em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 9 de abril de 2020 às 09:51
Atualizado em 9 de abril de 2020 às 09:59
Anúncio

Foto: Reprodução

Medida adotada pela Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac) de Guarapari, devido a pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), distribuir cestas básicas para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, vem gerando reclamações na forma do agendamento para recebê-la.

O agendamento deveria ser realizado exclusivamente por telefone, entre os dias 06 e 09/04, das 08h às 16h, observando a área de abrangência de cada Centro de Referência em Assistência Social (Cras). Na tarde de ontem (08) a prefeitura avisou que o agendamento seria realizado até o final do dia. “Quem se enquadra nesses critérios, deve agendar o atendimento, exclusivamente, por telefone, até às 16h de hoje, observando a área de abrangência de cada Centro de Referência em Assistência Social. O agendamento seria até quinta-feira (09), mas nesse dia será ponto facultativo no município, então o período foi encurtado”, informou a Setac.

Mas de acordo com alguns moradoras, os telefones do Cras de Santa Mônica e do Cras de São José só tocavam e ninguém atendia ou a ligação caia direto na caixa postal. Uma das reclamantes ainda relatou que foi ao Cras de Santa Mônica e tentou ligar do portão, com as atendentes dentro do Centro, e não conseguiu. Segundo o que foi falado, a tentativa de agendamento estava sendo realizada durante todo horário reservado para isso, das 08h às 16h, desde segunda-feira (06). Mas eles não conseguiram.

Questionada, a prefeitura respondeu através de nota:

A Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac) esclarece que não há problemas com os telefones dos Cras de Guarapari. A demanda é muito grande, sem contar que os atendimentos são longos, pois os técnicos fazem uma entrevista prévia com a pessoa e isso leva tempo. 

Além disso, são inúmeras as ligações sobre outros assuntos, tais como o auxílio emergencial. O município teve aproximadamente 100 agendamentos por dia em cada CRAS e foi preenchido o quantitativo das mil cestas. 

Considerando a epidemia e a necessidade de não gerar aglomeração, o agendamento por telefone foi a melhor forma encontrada para realizar o cadastramento. O que tem sido feito por diversos outros municípios.

As novas datas de agendamentos serão divulgadas e as pessoas que não conseguiram nesse momento ainda poderão receber o benefício através dos próximos cadastramentos”.

A entrega das cestas básicas será realizada a partir do dia 13 de abril, no Cras de referência e somente mediante a agendamento prévio e apresentação de documentos comprobatórios.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Hifa Dia das Crianças

Hifa Guarapari e grupo “Cheios da Graça” realizam ação em prol do Dia das Crianças

O objetivo é arrecadar lápis, lápis de cor, giz de cera, canetinha colorida, apontador, gibis, livrinhos passatempos de palavras cruzadas e caça palavras

Ideb-11072019

Educação de Guarapari destaca-se como melhor Ideb entre os municípios da região metropolitana

Anúncio
Anúncio
praia cheia feriado

Qual é a verdadeira vocação turística de Guarapari, hoje?

imagem para o artigo

Artigo: É possível realizar divórcio online?

Anúncio
upaa-550x413

Cidade Saúde completa 129 anos e profissionais da UPA Guarapari falam sobre enfrentamento à pandemia

Os profissionais da saúde acreditam que esse é um momento passageiro e, em breve, datas como essa poderão voltar a ser comemoradas coletivamente

verão-550x367

Covid-19: Guarapari é classificada como “Risco Baixo”; o município tem 3.198 casos confirmados

O ES tem três municípios em risco moderado e 75 em risco baixo. Não há mais municípios em risco alto

Anúncio