Anúncio

Moto Rock se consolida como principal evento de Guarapari na baixa temporada

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 25 de setembro de 2017 às 17:11
Atualizado em 25 de setembro de 2017 às 17:13
Anúncio

Depois de um fim de semana com muito rock, motociclismo e um movimento de turistas na Praia do Morro que só se compara ao verão, uma coisa ficou clara: o Moto Rock se consolida como o principal evento da cidade fora da alta temporada.

Aproximadamente 30 mil pessoas passaram pela área do encontro de motociclistas entre a noite de sexta-feira (22) e a manhã de domingo (24). Um dos pontos que mais chamaram a atenção foi o público. Claro, muitos ali eram motociclistas que vieram de várias partes do país para prestigiar o encontro, mas o que se viu foram pessoas de todos os tipos, famílias inteiras que não fazem parte o meio motociclístico visitando, admirando as motos e curtindo os shows de rock ’n roll.

Milhares de pessoas passaram pelo local do evento nos três dias. Foto: João Thomazelli/folhaonline.es

O evento foi um sucesso, desde a chegada dos motociclistas até os últimos acordes das guitarras, o que se viu e ouviu foram elogios ao encontro, que também já está entre um dos mais importantes do Brasil.

A dentista Cláudia Ramires Gouveia, 35, de São Paulo, fazia uma visita a parentes em Vitória quando soube do evento e fez questão de conhecer. Ela foi à praia do Morro com o filho Enzo, de apenas três meses, e ficou admirada com o que viu.

“Já vi encontros de motociclistas antes e nenhum passa perto do que estou vendo aqui. Apesar de muita gente, o ambiente é tranquilo e todos são muito respeitosos. Estou maravilhada com o evento”, disse.

No sábado à noite, a estimativa é de que cerca de 10 mil pessoas foram ao evento. As bandas foram um show à parte, destaque para os Bad Guys Blues, que com um reportório clássico de rock’n roll não deixou nenhum motociclista ou visitante parado. Além de ocuparem a área em frente ao evento, haviam motocicletas desde o Ciac até a Pedra do Marlim.

A estimativa da organização é de que pelo menos R$ 5 milhões ficaram na cidade através do evento, levando em consideração as hospedagens em hotéis e pousadas e as vendas de equipamentos e assessórios, comidas e bebidas.

Pessoas de várias tribos, credos e profissões fizeram parte do encontro. Na foto, parte das Águias Blindadas, moto clube formado por policiais. Foto: João Thomazelli/folhaonline.es

“O locutor do evento, que roda o Brasil e tem propriedade para falar, disse que cerca de 15 mil motos passaram pelo Moto Rock nos três dias. Hoje já é considerado o maior evento do Espírito Santo e um dos maiores do Brasil”, conta Marcelo Tedesco, presidente da Associação de Motoclubes de Guarapari.

“Hoje, conversando com o dono de um restaurante que fica próximo à área do evento, ele me disse que nem no carnaval ele vendeu tanta refeição como neste fim de semana. Muita gente elogiou o Moto Rock e novamente não tivemos nenhuma ocorrência policial na área do evento e nenhum atendimento médico sério. Tudo transcorreu da melhor maneira possível”, finalizou Tedesco.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

nova loja EPA

Nova unidade do supermercado EPA é inaugurada em Guarapari

Anúncio
Anúncio
edital cultura Alfredo Chaves

Alfredo Chaves e Guarapari lançam Edital Emergencial para o setor cultural

Doação sangue Hifa2

HIFA Guarapari cria campanha de doação de sangue entre os funcionários

Por conta da pandemia, a campanha que abrangia a população está suspensa para evitar aglomeração

Anúncio
eleições2020

Eleições 2020: Não conseguiu votar? Veja como justificar a ausência

O prazo para justificativa de voto é 60 dias após o término de cada turno

ciclismo

Equipe de Guarapari é destaque em Campeonato Estadual de Ciclismo

Atletas conquistaram a primeira colocação em diversas modalidades e o segundo lugar geral por equipes

Anúncio