Anúncio

Mtur seleciona projeto do Espírito Santo para regiões turísticas

Por Glenda Machado

Publicado em 11 de setembro de 2017 às 09:39
Atualizado em 11 de setembro de 2017 às 09:39
Anúncio

As belezas capixabas vão ganhar ainda mais destaque no cenário nacional. É que o Programa de Regionalização do Turismo (PRT) terá mais força no Espírito Santo. A Secretaria de Estado do Turismo (Setur) foi contemplada pelo Chamamento Público 001/2017, do Ministério do Turismo (Mtur), para projetos de gestão e monitoramento do PRT.

O projeto aprovado tem o objetivo de promover ações que visam à formalização, ao fortalecimento e à sustentabilidade das Instâncias de Governanças Regionais de Turismo (IGR’s), nas dez Regiões Turísticas do Espírito Santo.

Na prática, o projeto consiste em realizar uma análise situacional gerencial das IGR’s e das regiões turísticas; orientar o melhor modelo para sustentação financeira das regiões turísticas; capacitar gestores regionais; e desenvolver um plano de ação para as regiões turísticas.

A proposta, orçada em R$185 mil, terá o apoio do Ministério do Turismo em R$181.3 mil. O restante, R$ 3,7 mil, será a contrapartida da Secretaria de Estado do Turismo. A previsão é que o projeto tenha início em dezembro deste ano e siga até abril de 2018.

Instâncias de Governança

A Instância de Governança Regional é uma organização criada com participação do poder público, dos atores privados e dos municípios componentes das regiões turísticas, com o papel de colaborar na execução do Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil, em âmbito regional.

As IGR’s são constituídas por um conjunto de municípios de uma mesma região turística, com afinidades culturais, sociais e econômicas que se unem para organizar e desenvolver a atividade turística regional de forma sustentável, por meio da integração contínua dos municípios, consolidando uma atividade regional.

Essas Instâncias podem assumir estrutura e caráter jurídico diferenciados, sob a forma de fóruns, conselhos, associações, comitês, consórcio ou outro tipo de colegiado. O intuito das IGR’s é ampliar a participação da sociedade nos processos decisórios e na gestão da atividade turística, além de servir como mecanismo para qualificação e ampliação da oferta turística regional. No Espírito Santo é dividido em dez regiões turísticas, e cada uma é representada por uma IGR.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

adote um idoso2

Campanha “Adote um idoso” arrecada doações em Guarapari

Em paralelo, há também arrecadação de alimentos para famílias carentes do município

CTPS; CARTEIRA DE TRABALHO; EMPREGO; FOTOS DAVI PINHEIRO/GOVERNO DO CEARA;

Sine Anchieta divulga novas vagas com oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio
Anúncio
Prefeito Gedson

Gedson Merizio pode se tornar deputado estadual por Guarapari

Os resultados das eleições municipais deste ano colocam Gedson com a possibilidade de assumir o cargo no próximo ano

Prêmio3

Professora atuante em Guarapari e Anchieta está entre as finalistas do Prêmio Shell

Cibele Machado é professora do nono ano do ensino fundamental II. Ela está na disputa e aguarda ansiosamente o resultado

Anúncio
casal-motohome (2)

Casal de Guarapari viaja em van com estrutura residencial montada por eles

Dentre os destinos favoritos do casal: Ubu, em Anchieta

praia do morro

Atrativos de Guarapari encantam agentes de viagem e imprensa paulista

Anúncio