Anúncio

Multa de R$ 100 mil para cada árvore cortada em Guarapari, determinou a justiça

Por Aline Couto

Publicado em 20 de julho de 2018 às 09:41
Atualizado em 20 de julho de 2018 às 09:41
Anúncio

Uma ação popular, ajuizada pelo vereador Thiago Paterlini, fez com que a justiça determinasse que mais nenhuma árvore fosse cortada em Guarapari, sob multa de R$ 100 mil por cada corte

A supressão das árvores na Prainha de Muquiçaba foi parar na justiça. O vereador Thiago Paterlini (PMDB) entrou com uma ação popular pedindo o impedimento de mais cortes de árvores no bairro, o que foi determinado pelo juiz Gustavo Marçal da Silva e Silva, da Vara da Fazenda Pública de Guarapari.  A justiça aceitou a liminar e proibiu, no dia de ontem (19), que a prefeitura derrube mais árvores na Prainha e também no final da Praia do Morro.

A última castanheira cortada foi em frente ao prédio Porto Maior na Prainha. Foto: Hamilton Garcia.

“A luz do exposto, DEFIRO a liminar para impor ao RÉU obrigação de não fazer, consistente na suspensão do corte das árvores/castanheiras na orla da Prainha de Muquiçaba e no final da Orla da Praia do Morro, até ulterior deliberação deste juízo, sob pena de incorrer em multa que fixo no importe de R$ 100.000,00 (Cem mil reais) para cada arvores que vier a ser cortada com descumprimento da presente decisão”, finalizou a decisão o juiz Gustavo Marçal.

O vereador Thiago Paterlini se manifestou dizendo que o poder judiciário fez justiça ao atender a reivindicação da sociedade, porque era uma ação popular. “Diante de todos os fatos que vivenciei como presidente da Comissão de Meio Ambiente, além das inverdades que foram apresentadas para justificar a retirada das 13 castanheiras da orla da Prainha, é uma vitória de toda a sociedade Guarapariense. Que o poder executivo possa dialogar mais”, argumentou.

O parlamentar acrescentou que não é contra a revitalização da orla, mas que algumas árvores fossem aproveitadas, não retirar todas, respeitando assim a qualidade, de vida e emocional, da infância de muitas pessoas que ali vivem.

O corte começou no início da manhã de quarta (18) e surpreendeu a todos. Foto: Hamilton Garcia.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

jb

JB completa 30 anos como parceiro para toda obra dos moradores de Guarapari

A loja de material de construção está realizando a campanha “Aniversário do Bem”, que premiará um cliente e uma instituição social do município

juliate

Cantora de Guarapari é alvo de ataques racistas na internet e família cobra justiça

Familiares formalizaram a denúncia e esperam que o autor do crime seja responsabilizado

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sesi e Senai ES estão com inscrições abertas para cursos online gratuitos

Os cursos do Senai possuem carga horária de 14h e abrangem as áreas de Automotiva, Construção Civil, Energia, Gestão, Informática, Logística, Meio Ambiente, Metalmecânica, Segurança do Trabalho, entre outras

multiplique2

Pizza Solidária: dinheiro arrecadado vira cestas básicas para famílias carentes de Guarapari

A ação acontece desde março e já gerou doação de quase quatro toneladas de alimentos

Anúncio
camara-2-550x482

Vereadores aprovam isenção de IPTU para ONGs de Guarapari

Captura de tela 2020-09-17 164812

Campanha do Hifa Guarapari arrecada máscaras para pacientes e acompanhantes

“Doe máscaras salve vidas” conta com a solidariedade em meio a pandemia

Anúncio