Anúncio

Mutirão para negociação de dívidas em Guarapari já tem quase vinte empresas e bancos confirmados

Por Sara de Oliveira

Publicado em 26 de junho de 2019 às 16:54
Atualizado em 26 de junho de 2019 às 16:54
Anúncio

O evento, que contou com resultados positivos na edição passada, acontecerá entre os dias 02 e 05 de julho, de 09h as 16h, na Faculdade Pitágoras. 

Na edição passada, cerca de R$ 6 milhões em dívidas foram reduzidos a pouco mais de R$ 1,5 milhão. Foto: Arquivo.

O 2º Mutirão de Negociação de Dívidas de Guarapari já tem quase vinte empresas e bancos confirmados. A iniciativa, que tem o objetivo de facilitar a quitação de dívidas atrasadas em mais de 60 dias, acontece de 02 a 05 de julho, de 09 as 16h, na Faculdade Pitágoras. Na ocasião, os moradores também poderão realizar uma análise de crédito, feita pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Guarapari (CDL).

Entre as empresas confirmadas estão o Banestes, Caixa Econômica Federal, Dacasa Financeira, Banco Itaú, Crefisa, Cartão Avista, Cartão Pag, Cesan, Vivo, Claro móvel, Claro tv, Net, Sky, Super Net, Magazin Grande Rio, Lutex, My Dreams, Lojas Santos e Faculdade Pitágoras.

Para mais informações sobre o mutirão, os moradores podem ligar para os números 3361- 4929, 3261-5513 ou 3262-5149.

Edição Passada

Durante o mutirão, realizado em maio do ano passado, foram quase dois mil atendimentos. Cerca de R$ 6 milhões em dívidas foram reduzidos a pouco mais de R$ 1,5 milhão. Em algumas situações, os descontos ultrapassaram os 90%, de acordo com o balanço divulgado na época. Negociações também foram feitas por telefone com empresas que não marcaram presença no mutirão.

Participaram do evento em 2018: Dacasa, Crefisa, Avista, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banestes. Bandes, Cesan, Doctum e CDL Guarapari com Bazar Grande Rio, Lutex, Q-Joia Modas, Brasil Rádio Wave, Nacional Cursos, Dismagua Material de Construção, My Dreams Store, Lojas Santos e RCA TV.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Prefeitura proíbe caminhada na orla das praias de Guarapari aos fins de semana

A medida restritiva será válida, excepcionalmente, nos dias 06, 07, 13 e 14 de junho; Confira outras determinações divulgadas nesta quarta-feira (03)

Da esquerda para a direita: Tenente Coronel Caus, da Polícia Militar; Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães; Tenente Coronel Bruno, do Corpo de Bombeiros. Fotos: Folhaonline.es

Apenas comércios essenciais poderão funcionar nos fins de semana em Guarapari

A medida, que tem por objetivo reduzir a taxa de circulação no município, valerá a partir deste sábado (06); Comerciantes que desobedecerem as restrições poderão ter alvará de funcionamento cassado

Anúncio
Anúncio
comercio1-550x309

Guarapari terá nove dias de isolamento total a partir das 19h

A partir do dia 06 até o dia 14 de junho não será permitido permanecer nas ruas após as 19h e os comércios não essenciais devem permanecer fechados nos finais de semana

covid-19-drive-thru-teste-coronavirus-teste-rapidos-titri-foto-Flávio-Tin-_MG_8593-15042020-scaled

Estudo aponta mais de 200 mil capixabas infectados; Guarapari participará da próxima etapa

A partir do levantamento, o ES poderá reconhecer com mais precisão o padrão de comportamento da Covid-19 em solo capixaba

Anúncio
fiscais

Ação da fiscalização da prefeitura de Guarapari provoca reação do setor turístico

Foto: Divulgação

Guarapari: Obras de extensão da Avenida Paris estão em fase final