Anúncio

Nova Guarapari: jogo de empurra deixa moradores sob risco de choque elétrico

Enquanto EDP e Prefeitura de Guarapari empurram responsabilidade, moradores reclamam do risco de sofrer um choque em vegetação energizada

Por Gislan Vitalino

Publicado em 1 de julho de 2021 às 13:30
Atualizado em 2 de julho de 2021 às 11:49

Anúncio

Fotos: moradores.

Os moradores do bairro Nova Guarapari têm convivido com um jogo de empurra que coloca sob risco de choque elétrico as pessoas que transitam no local.  Um serviço de poda iniciado pela EDP deixou algumas árvores da região energizadas e agora qualquer pessoa que, por acidente ou descuido, encostar na vegetação corre o risco de sofrer um choque elétrico.

Com isso, um jogo de empurra surgiu em torno da situação. De acordo com a EDP, a responsabilidade pela poda é da Prefeitura de Guarapari (PMG) que, em caso de notar o risco de choque elétrico, deve pedir o apoio da empresa. Já a Prefeitura afirma que, como há risco de choque elétrico, o serviço precisa ser solicitado pelos moradores diretamente à EDP, que é responsável pelo serviço.

No meio disso, os moradores do bairro ficam sem saber a quem recorrer. O Presidente da Associação de Moradores do Bairro Nova Guarapari, Cleber Waner Ribeiro, falou sobre a gravidade da situação. “A gente pedia essa poda há muitos anos, mas só agora que a EDP começou esse serviço, mas não terminou. O mais importante agora é terminar esse serviço para que não aconteça alguma fatalidade ali”, explicou.

Segundo o Felipe de Aguiar, que também é morador do bairro, a população fica sem saber a quem recorrer no meio desse jogo de empurra. “Nós moradores estamos pagando por causa dessa briga. A gente tem o risco de alguém passar ali e morrer eletrocutado”, contou.

O que dizem EDP e Prefeitura?

Nós perguntamos a EDP sobre a situação e a empresa nos respondeu com a seguinte nota.

Poda de árvore é responsabilidade da prefeitura municipal. A EDP realiza um apoio à prefeitura apenas na retirada dos galhos que estão em contato com a rede elétrica. Sendo assim, os clientes devem solicitar a poda para a administração municipal e é a prefeitura quem aciona a EDP quando necessário.

A Prefeitura de Guarapari, por outro lado, se posicionou com a nota abaixo.

O município só pode autorizar ou fazer poda de árvores que não tenham fios encostados ou próximos a elas, pois o risco de choque elétrico é muito grande e somente a EDP pode desligar a rede elétrica e cortar os galhos próximos. Somente após a realização deste serviço que o município poderá concluir a poda. Quem tem que fazer essa solicitação é o morador, uma vez que precisa ter número de instalação do solicitante.

A própria EDP orienta na sua página oficial que o consumidor entre em contato com eles.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

elcy-nunes-aarao-cover-2

Morre Elcy Nunes Aarão, ex vice-prefeito de Guarapari do início dos anos 90

obras-construcao-civil-sefaz

Espírito Santo é o Estado que mais investiu durante 2021

Informação aparece em relatório divulgado pelo Ministério da Economia

Anúncio

Anúncio

chuva-muquicaba-guarapari-2021-09-01

Mais chuva: Instituto emite novo alerta incluindo Guarapari e região

Instituto Nacional de Meteorologia alerta para o risco de acumulado de chuvas

hospital guarapari

Empresa responsável pela obra do hospital de Guarapari está contratando

Estão sendo ofertadas 11 oportunidades de trabalho

Anúncio

meaipe_arquivo_folha

DER anuncia início do engordamento e revitalização de Meaípe, em Guarapari, nas próximas semanas

casa-decoracao

Anchieta premiará casas com melhor decoração natalina

Serão R$ 10 mil em premiação para as casas com as fachadas mais atraentes nos quesitos criatividade e iluminação

Anúncio