Anúncio

Novo Mapa de Risco apresenta 41 cidades em risco alto; Guarapari permanece nesse nível

O novo mapa entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (06)

Por Aline Couto

Publicado em 4 de julho de 2020 às 12:44
Atualizado em 6 de julho de 2020 às 10:33
Anúncio
Publicado nesta manhã (04) pelo governador Casagrande em uma rede social.

Nesta manhã (04), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande divulgou em uma rede social o novo Mapa de Gestão de Risco do novo Coronavírus (Covid-19) no Estado. A reclassificação dos municípios capixabas passa a valeu a partir de segunda-feira (6) e segue até domingo, dia 12.

O 12º Mapa de Risco apresenta 41 cidades em risco alto e outras 37 em risco moderado. Os municípios que entraram em risco alto, e permanecem por 14 dias, são: Águia Branca, Bom Jesus do Norte, Iconha, Linhares, Marilândia, Montanha e Santa Leopoldina. Já Afonso Cláudio, São Roque do Canaã e Vila Valério, não fazem mais parte desse nível.

Classificado como risco alto em junho, o município de Guarapari permanece e as medidas decretadas valem até o próximo dia 31. Entre as determinações estão: isolamento total, das 19h às 5h, e proibição para a circulação de pessoas classificadas como grupo de risco* nas ruas e comércios do município, que também têm medidas mais rígidas nos finais de semana.

Em tempo

A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril, considerando apenas o coeficiente de incidência. No dia 04 de maio, foi inserida a matriz de risco como ferramenta do mapa de risco, constando o coeficiente de incidência e taxa de ocupação de leitos de UTI. No dia 18 seguinte, a matriz de risco foi ampliada com a inserção da taxa de letalidade, índice de isolamento social e percentual da população acima de 60 anos.

De acordo com o governo capixaba, o mapa de risco segue orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle, composta pelo CBMES, Defesa Civil, SESA, IJSN, UFES e IFES. As decisões adotadas no ES seguem parâmetros técnicos.

* Grupo de risco

Idosos; pessoas com doenças crônicas – doença cardíaca, pulmonar, neoplasias ou hipertensão arterial, entre outras; asmáticos; fumantes; diabéticos; pessoas com sistema imunológico comprometido (fazendo tratamentos de quimioterapia, tratamentos para doenças autoimunes (artrite reumatoide, lúpus, esclerose múltipla ou algumas doenças inflamatórias do intestino), infeção HIV/AIDS ou doentes transplantados.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

pequenos

Compre do Pequeno: Sebrae/ES cria campanha de apoio ao comércio local

A iniciativa tem por objetivo conscientizar os consumidores, incentivando-os a priorizar as micro e pequenas empresas e, assim, fortalecer a economia da região

Foto: Reprodução

Covid-19: Guarapari registra mais uma morte; Óbito no bairro Reta Grande é retificado

Por meio de nota, a Prefeitura de Guarapari esclareceu que o óbito registrado no bairro Reta Grande, no dia 03 deste mês, não ocorreu e trata-se de um erro do hospital

Anúncio
Anúncio
restauro capa

Prefeitura de Guarapari realiza restauração dos monumentos Marlin Azul e São Pedro

O responsável pela restauração é o artista plástico, Juliano Fillippi, o mesmo artista que criou essas duas importantes obras de arte

prefeitura_guarapari_TJES-750x354

Guarapari perde verba de R$ 750 mil por não assinar ordem de serviço no prazo

O recurso veio através de uma emenda parlamentar do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) e era destinado para a construção da Unidade de Saúde no bairro Village do Sol

Anúncio
Foto: Reprodução

Paciente de Guarapari pode ter sido o primeiro caso de Coronavírus do Brasil

Alfredo CDA

Alfredo Chaves e Governo do ES assinam Termo de Adesão a Compra Direta de Alimentos

Anúncio