Anúncio

“O estado dele ainda é crítico, mas graças a Deus está vivo”

Por Glenda Machado

Publicado em 28 de setembro de 2017 às 10:50
Atualizado em 28 de setembro de 2017 às 10:50
Anúncio

Esse foi o desabafo do pai do jovem João Pedro Lima, atropelado na tarde de ontem (27), no bairro Muquiçaba por um ônibus. De acordo com Jorge Lima, João Pedro encontra-se estabilizado e em coma induzido após passar por uma cirurgia de 8 horas.

O jovem sofreu lesões no abdome e foi levado de helicóptero para um hospital de Vitória. Foto: João Thomazelli/folhaonline.es

“Ele passou por uma cirurgia complexa para reconstrução dos órgãos e depois outra para os ligamentos e artérias. Os médicos priorizaram a vida dele e agora estamos aguardando as 42 horas pós cirurgia. Meu filho precisou de receber 80% de sangue, ou seja, quase uma transfusão completa”, explicou o pai.

Ainda de acordo com Jorge, que fez um apelo em sua conta no facebook para mobilização e ajuda em doação de sangue, o envolvimento das pessoas foi grande e a quantidade recebida é suficiente, mas quem quiser doar é sempre bem-vindo.

“Não esperava que o envolvimento fosse ganhar essa proporção. Estou muito grato a todos que doaram sangue para o meu filho. Agora precisamos de força, unir a família e muita oração para a recuperação dele”, completou.

Quem quiser doar sangue basta se dirigir a uma das unidades listadas abaixo (em Vitória), informando o nome João Pedro Lima e local de internação (CIAS):
– HEMOCLINICA (atrás do Parque Moscoso)
– UNIHEMO (ao lado Centro da Praia Shopping)
– CRIOBANCO (ao lado do Hospital Santa Rita)

Entenda o caso

João Pedro Lima seguia de bicicleta pela rua, na tarde desta quarta-feira (27) que passa por trás do Posto Guarave, mas estava olhando para trás quando o ônibus começou a fazer a curva. Sem ver o veículo, João acabou batendo na lateral e caiu. As rodas traseiras do ônibus passaram por cima de seu abdômen.

João foi atendido por duas equipes do Samu ainda no local e depois de estabilizado, foi levado para o Aeroporto e logo depois seguiu para um hospital de Vitória. O motorista do ônibus entrou em estado de choque e precisou ser atendido em um hospital que fica a poucos metros do local do acidente.

João Pedro havia acabado de almoçar com o pai, que é policial civil e assim que saiu de casa sofreu o acidente.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Da esquerda para a direita: Tenente Coronel Caus, da Polícia Militar; Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães; Tenente Coronel Bruno, do Corpo de Bombeiros. Fotos: Folhaonline.es

Apenas comércios essenciais poderão funcionar nos fins de semana em Guarapari

A medida, que tem por objetivo reduzir a taxa de circulação no município, valerá a partir deste sábado (06); Comerciantes que desobedecerem as restrições poderão ter alvará de funcionamento cassado

comercio1-550x309

Guarapari terá nove dias de isolamento total a partir das 19h

A partir do dia 06 até o dia 14 de junho não será permitido permanecer nas ruas após as 19h e os comércios não essenciais devem permanecer fechados nos finais de semana

Anúncio
Anúncio
covid-19-drive-thru-teste-coronavirus-teste-rapidos-titri-foto-Flávio-Tin-_MG_8593-15042020-scaled

Estudo aponta mais de 200 mil capixabas infectados; Guarapari participará da próxima etapa

A partir do levantamento, o ES poderá reconhecer com mais precisão o padrão de comportamento da Covid-19 em solo capixaba

fiscais

Ação da fiscalização da prefeitura de Guarapari provoca reação do setor turístico

Anúncio
Foto: Divulgação

Guarapari: Obras de extensão da Avenida Paris estão em fase final

Foto: Reprodução

Guarapari já registra 13 mortes por Covid-19; 160 pessoas estão curadas