Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

O que fazer com os hotéis fechados?

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 15 de novembro de 2020 às 09:00
Atualizado em 16 de novembro de 2020 às 10:45

Anúncio

Antônio Ribeiro (*)

Foto: Antônio Ribeiro

Quando tive a ideia que proporei a seguir, rápido contei 5 bons hotéis fechados em Guarapari: Radium, Vieira, Tourist, Gaeta e Torium. O amigo José Renato da AHTG disse que são mais de 25. Dão imagem ruim, de abandono à cidade.

A maioria já não rende tributos ao município, então não haveria grande prejuízo se o legislativo e o executivo municipal, concedessem uma isenção de tributos por 10 anos às grandes redes, que os comprassem e se instalassem aqui.

Foto: Antônio Ribeiro

Assim teríamos hotéis de grupos importantes, que comprariam materiais, gerariam empregos em reformas e talvez até construíssem edifício garagem, hoje uma deficiência na cidade sem estacionamento rotativo na região central.

Estes grupos dariam um impulso nos negócios da cidade, estimulariam a criação de serviços de turismo e funcionando, consumirão produtos regionais no café da manhã, almoço e janta, afora energia, agua e outros insumos.

Foto: Antônio Ribeiro

De muitas, a principal vantagem, como trabalham em rede nacional e internacional, seria a inclusão de Guarapari nas suas ofertas, ajudando a assumir a vocação turística da cidade e talvez até, um curso de turismo presencial na Cidade Saúde.

Poderiam promover alguns festivais, como os que já propus em colunas anteriores, como os de escultura, pintura, caricatura e fotografia, que ajudariam a gerar notícias na mídia e divulgariam nossos pontos turísticos desconhecidos.

Foto: Antônio Ribeiro

Para os que acham não ter potencial ou não ser viável, cito o exemplo do resort que está sendo aprovado para Setiba e o super espaço de eventos P12, que está sendo construído em Meaípe e tem funcionamento previsto para esta temporada.

A continuar a tendência atual e não ser trabalhada profissional e empresarialmente a questão, teremos outros fatos negativos como uma das melhores pousadas fechada há um ano e um dos melhores hotéis sendo oferecido a venda.

Foto: Antônio Ribeiro

Como em breve teremos uma nova legislatura e um novo mandato de prefeito da cidade, este pode ser o momento ideal para uma boa mudança, sendo que, por já terem passado as eleições, não serão motivo de promessas que não se cumprem.

Existe uma demanda represada por viagens e os destinos que eram da moda, ficarão por bom tempo em quarentena na cabeça das pessoas conscientes, saindo muitos em busca de roteiros que tenham mais a ver com o bolso, saúde e lazer.

Nas crises são criadas as grandes oportunidades e investimentos inteligentes passam a ter lugar mais seguro na mentalidade empresarial!

(*) Autor do Guia de Férias e Feriadões e membro da Academia Guarapariense de Letras e Artes, AGLA, cadeira Dr. Silva Melo.

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

arena-vila-anchieta-esportes-beach-soccer

Anchieta recebe etapa de Campeonato Brasileiro de Beach Soccer

Evento começa nesta terça-feira (19)

Pitaya Marina

Chácara de Guarapari inova e pode produzir Pitaya durante todo ano

Tecnologia originária da África proporciona iluminação própria e a fruta pode ser produzida em qualquer mês do ano

Anúncio

Anúncio

artigo-AR-Dino-2021-10-15-1

Artigo: mega empresário Dino Simões Pádua, verdadeiro cidadão guarapariense

chuva

Instituto alerta para chuvas fortes em Guarapari

Anúncio

rescisao-indireta-artigo-direito-taina-morosini

Artigo: rescisão indireta do contrato de trabalho; O que é e quando pode ser aplicada?

pfizer

Guarapari realiza vacinação sem agendamento para segunda dose de vacina da Pfizer na segunda-feira (18)

Anúncio