Anúncio

Ônibus articulado, aplicativo e novas linhas a partir de novembro

Por Natália Zandomingo

Publicado em 29 de julho de 2016 às 10:59
Atualizado em 29 de julho de 2016 às 11:51

Anúncio

Até o verão serão 79 veículos para atender moradores e turistas

Com a divulgação do resultado final da licitação do transporte coletivo municipal de Guarapari, o prefeito Orly Gomes anunciou, na tarde de ontem (28), que a C. Lorenzutti Participações, sócia da Asatur, deverá iniciar a operação até novembro. Logo no início, os usuários terão acesso a um aplicativo para celular, serão criadas 12 novas linhas e oito veículos do tipo articulado, conhecidos como sanfona, passarão pelos principais corredores do município.

DSC04010Segundo Orly, com o aplicativo e o sistema de GPS, o usuário saberá o horário que o ônibus passará no ponto e a prefeitura terá mais uma ferramenta para fiscalizar se os horários e trajetos estão sendo cumpridos. Os ônibus com mais de 10 anos não poderão mais circular na cidade. Na proposta técnica, a empresa colocou que os carros mais velhos serão de 2013. “Acreditamos que com a melhora na qualidade do transporte coletivo e regularidade nos horários, muitas pessoas devem deixar o carro em casa, o que vai melhorar o trânsito da cidade”.

Inicialmente, serão 64 veículos circulando. Até o verão 79 e em 2019, 109 ônibus estarão operando. Hoje, a frota conta com 54 veículos, sem contar os reservas. A prefeitura espera atender a demanda de moradores e turistas já no próximo verão, época com maior fluxo de pessoas na cidade. Quanto ao ar-condicionado, o chefe do executivo municipal explicou que não é obrigatório, mas o edital oferece essa possibilidade. “A empresa pode propor a implantação e a prefeitura fará a análise da viabilidade”. Esse conforto pode aumentar a passagem dessas linhas em 30%.

DSC04017De acordo com o prefeito, haverá aumento de viagens, inclusive para os bairros mais distantes do Centro, como Village do Sol. Já no interior, o atendimento será feito nos vilarejos com características urbanas e o valor da passagem não terá diferença. “Não tem como colocar ônibus para atender duas ou três residências porque o sistema não suporta isso. Hoje as empresas, por operarem de forma precária no município, estão praticando tarifa diferenciada e elas já foram notificadas. Com essa nova licitação o sistema será integrado e a tarifa deverá ser a mesma para qualquer destino”.

Orly informou que o processo de licitação correu dentro da legalidade e que o edital foi discutido com a Justiça, Ministério Público e Tribunal de Contas. A previsão é que o contrato seja homologado e assinado nos próximos 15 dias.

Nas ruas

A diarista Adriana, 32, torce pelas melhorias prometidas. “Espero cerca de 30 minutos pelo único ônibus que passa perto da minha casa, em Pontal de Santa Mônica. Saber o horário exato que o coletivo vai passar vai evitar ficar tanto tempo no ponto esperando”.

O estudante José Otávio Malta, 22, reclama da falta de distribuição dos horários. “Na linha Praia do Morro passa três ônibus juntos. Quando eu perco tenho que andar até o bairro Aeroporto porque demora muito”.

Confira as linhas previstas no edital

Licitação do transporte coletivo prevê 57 linhas municipais

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Covid-19_ES ultrapassa 10 mil obitos - 2021-05-11

Painel Covid-19: Guarapari se aproxima de 350 e ES ultrapassa 10 mil óbitos por Covid-19

Segundo a última atualização, na tarde de hoje (11), o número de óbitos chegou a 10.013 em todo o Estado

vacina_butantan_covid-divugacao_es

Guarapari abre agendamento para segunda dose da Coronavac em idosos acima de 70 anos

Anúncio

Anúncio

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Imunização contra gripe para idosos e professores começou hoje (11) em Guarapari

Desaparecido Secr Saúde1

Encontrado morador de Guarapari que estava desaparecido

Anúncio

vacina pfizer

Vacina da Pfizer será aplicada em gestantes do ES após suspensão da AstraZeneca

A vacina, até então, só estava sendo aplicada em moradores de Vitória; Anvisa orientou a suspensão da aplicação da AstraZeneca em gestantes nessa segunda-feira (10)

Fachadas Pitágoras.com_

“Solidariedade que transforma”: faculdade de Guarapari adere a campanha de arrecadação de alimentos

Kroton lança campanha nacional de arrecadação de alimentos e artigos de higiene

Anúncio