Anúncio

Ônibus de excursão que visitam Guarapari precisarão ter guia de turismo regional

Por Sara de Oliveira

Publicado em 16 de dezembro de 2019 às 16:16
Atualizado em 16 de dezembro de 2019 às 16:16
Anúncio

Promulgada na última semana, a medida tem o objetivo de valorizar profissionais do setor, além de divulgar a história do município.

Foto: Arquivo.

Foi promulgada, em Guarapari, a lei nº. 4384/2019, que torna obrigatória a presença de guias de turismo regionais em ônibus de excursão que visitam o município. A medida, de autoria do vereador Thiago Paterlini (MDB) tem o objetivo de valorizar os profissionais locais, além promover a divulgação da história e cultura da cidade.

Os guias de turismo regionais precisarão estar inseridos no Cadastur, programa que registra profissionais e serviços do setor turístico em cidades de todo o Brasil. A ideia é que as empresas de excursão, que tenham Guarapari como destino, contratem os guias para apresentar os principais pontos da cidade, além de contar a história do município para os visitantes.

A lei também afirma que os guias terão obrigatoriedade de fazer cursos de atualização a cada dois anos para que possam atuar nos ônibus de excursão. De acordo com Paterlini, a medida vai permitir que a cidade seja apresentada com mais propriedade e de maneira mais técnica. “São profissionais que se formaram dentro dessa área, que detém o conhecimento de toda a potencialidade turística da nossa cidade e vão poder levar essa informação a todos aqueles que venham visitar nossa cidade”, destaca.

Vereador Thiago Paterlini. Foto: Sara de Oliveira.

O vereador ressalta que o objetivo também é gerar oportunidade de emprego e renda. “Esses profissionais precisam ser valorizados. Isso vai incentivar mais pessoas a fazerem cursos, a estudar turismo”.

De acordo com a lei, o nome e o número do cadastro do guia de turismo que está a serviço da excursão deverá ser fixado no para brisa dos veículos de excursão.

Para o parlamentar, agora são necessárias ações de fiscalização por parte do Poder Executivo, para assegurar que a lei seja cumprida e penalidades sejam aplicadas em caso de descumprimento. “Eles foram simpáticos ao projeto. Eu acredito que vão fazer com que a medida venha ser fiscalizada”.

Paterlini também defende a necessidade de divulgação da nova medida.  “Os próprios profissionais que vendem o turismo precisam saber que Guarapari tem essa legislação”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Hifa Dia das Crianças

Hifa Guarapari e grupo “Cheios da Graça” realizam ação em prol do Dia das Crianças

O objetivo é arrecadar lápis, lápis de cor, giz de cera, canetinha colorida, apontador, gibis, livrinhos passatempos de palavras cruzadas e caça palavras

Ideb-11072019

Educação de Guarapari destaca-se como melhor Ideb entre os municípios da região metropolitana

Anúncio
Anúncio
praia cheia feriado

Qual é a verdadeira vocação turística de Guarapari, hoje?

imagem para o artigo

Artigo: É possível realizar divórcio online?

Anúncio
upaa-550x413

Cidade Saúde completa 129 anos e profissionais da UPA Guarapari falam sobre enfrentamento à pandemia

Os profissionais da saúde acreditam que esse é um momento passageiro e, em breve, datas como essa poderão voltar a ser comemoradas coletivamente

verão-550x367

Covid-19: Guarapari é classificada como “Risco Baixo”; o município tem 3.198 casos confirmados

O ES tem três municípios em risco moderado e 75 em risco baixo. Não há mais municípios em risco alto

Anúncio