Anúncio

“Ônibus Rosa” da Lei Maria da Penha desembarca mais uma vez no município

Por Gabriely Santana

Publicado em 20 de abril de 2016 às 19:41
Atualizado em 20 de abril de 2016 às 19:41
Anúncio

E as mulheres estão conquistando cada vez mais o seu espaço no município. É que pela segunda vez o Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha, mais conhecido como “Ônibus Rosa”, vai estar em Guarapari na próxima segunda-feira (25), a partir das 10h, com a solenidade de abertura. O projeto é uma parceria entre o Poder Judiciário do Espírito Santo, através da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, a Prefeitura Municipal de Guarapari, por da Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac), e o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres.

IMG_2057

O ônibus conta com toda a estrutura para o atendimento das mulheres. Foto: Glenda Machado

Com o objetivo de promover a paz nos lares brasileiros, por meio de ações concretas de combate à violência contra a mulher, o ônibus veio a convite do Tribunal de Justiça, segundo informações da atual presidente do Conselho das Mulheres, Cândida Franklin. “Guarapari foi convidado a receber os serviços do “ônibus rosa” mais uma vez pelos bons resultados que estamos desenvolvendo aqui no município. Felizmente nos tornamos referência neste trabalho de combate e enfrentamento a violência doméstica”, disse.

Somente no município, o número de processos gira em torno de 330. Os inquéritos policiais, inclusive que apuram violência sexual são entre 60 e 70, entre crimes sexuais e violência doméstica. Em Guarapari existe uma rede composta pela Deam, Creas, Cras, duas Varas Criminais e duas Promotorias de Justiça e uma equipe multidisciplinar no Fórum, formado por uma psicóloga e assistente social.

Mas elas querem mais. Para fortalecer o processo de julgamento dos casos, o Conselho da Mulher quer a criação de uma Vara Especializada em Violência Doméstica. E para fortalecer ainda mais essa corrente, na ocasião será entregue ao Presidente do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, Desembargador Annibal de Rezende Lima, um abaixo-assinado com assinaturas da sociedade civil pela criação dessa Vara Especializada. “Uma vara especializada vai fazer toda a diferença para a complementação do trabalho em rede, além de promover celeridade e prevenção na proliferação da violência”, completou Cândida.

Durante toda a semana, serão realizados trabalhos de atendimento integrado às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, no Juizado Itinerante da Lei Maria da Penha. Serão oferecidos, à mulher vítima de violência doméstica, os serviços de atendimento com assistente social e psicólogo, orientação jurídica, confecção de boletim de ocorrência e concessão de medidas protetivas.

Haverá também a divulgação da Lei Maria da Penha e dos direitos das mulheres, através da distribuição de material informativo à população em geral, além de testes rápidos de HIV promovido pelo curso de enfermagem da Faculdade Pitágoras, apresentação de peça teatral sobre a violência doméstica e um momento de “feminices” com a Mariana Salles Espaço de Beleza.

Como participar?

O Juizado Itinerante funcionará de 25 a 29/04, das 9 às 17h, em frente ao Centro de Apoio à Mulher “De Todas as Marias”, na Rua Santo Antônio, nº 241, Muquiçaba. Participe!

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Upa Covid

Guarapari amplia espaço para pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias na UPA

MarcosKneip_01

“Temos saldo de 9 mil empregos e zeramos as perdas no ES”, disse secretário Marcos Kneip

Guarapari está com um saldo positivo de 349, foram 777 admissões e 428 desligamentos

Anúncio
Anúncio
ambulante-550x366

Decreto estabelece medidas para comércio ambulante no verão de Anchieta

a-producao-anual-do-tuberculo-chega-a-50-mil-toneladas-145827-article

Parceria entre Governo do ES e Sebrae oferta palestra para produtores rurais

A palestra apresenta as redes sociais como alternativa de venda, para incentivar a presença digital de produtores rurais

Anúncio
rebocador

Encontrado corpo do tripulante do rebocador que afundou em Guarapari

O corpo de Eric Barcelos Rangel, de 57 anos, foi localizado no mar de Aracruz, na última segunda-feira

Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

Anúncio