Anúncio

Os benefícios de se formalizar a união estável

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 7 de dezembro de 2019 às 15:00
Atualizado em 6 de dezembro de 2019 às 15:51
Anúncio

Por Iago Sardinha de Oliveira (*) Advogado – OAB/ES 31.548

Imagem ilustrativa.

Atualmente os relacionamentos se encontram pautados cada vez mais na informalidade, companheiros decidem “juntar suas escovas de dentes” sem formalizar a relação amorosa e a constituição da nova família. Neste contexto, temos o instituto da União Estável, na qual não depende de formalização para restar configurada.

Contudo, apesar de ser uma relação baseada na situação de fato, que pode ser provada por diversas maneiras para garantir direitos alicerçados ao instituto familiar, a sua formalização pode evitar dor de cabeça e desgastes emocionais consideráveis para o companheiro (a) da relação.

Dentre os vários benefícios, ressalta-se a possibilidade da escolha quanto ao regime de bens (exceto no caso de separação obrigatória), maior facilidade para partilha de bens, inclusão do companheiro (a) em planos de saúde, odontológico, clubes e outros sem maiores burocracias comumente exigidas neste tipo de procedimento.

Outra facilidade que merece destaque é a possibilidade do companheiro (a) receber pensão do INSS em razão da morte do outro, haja vista que o documento que formaliza a união é prova inequívoca quanto à convivência havida, evitando batalhas judiciais, por vezes negadas pelo Instituto da Previdência Social, bem como possibilita o levantamento do seguro obrigatório DPVAT sem as extensas exigências para aqueles que não possuem a formalização da relação.

Cumpre ressaltar que a certidão de união estável é um documento cuja escritura é registrada no cartório de notas e não altera o estado civil da pessoa, não sendo necessário morar junto ou ter tempo mínimo de convivência, bastando possuir uma entidade familiar, que é consubstanciada na vontade de ambas as partes em constituir família, possuindo uma convivência pública, continua e duradoura.

A facilidade e os benefícios que a certidão de união estável oferece, pode economizar tempo, dinheiro e evitar dissabores advindos da falta de formalização deste instituto familiar.

(*) Dr. Iago Sardinha de Oliveira – OAB/ES 31.548.

Advogado com atuação na área civil e trabalhista.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

Anúncio
e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Foto: Reprodução

Covid-19: mais 27 pessoas se curam da doença em Guarapari

Anúncio