Anúncio

Plano de mobilidade urbana prevê mão única em avenidas e rodovia

Por Glenda Machado

Publicado em 10 de fevereiro de 2015 às 17:31

Anúncio

Av. Ewerson de Abreu Sodré e Av. Francisco Vieira Passos em Muquiçaba deixarão de ser mão dupla assim como a Rodovia Jones dos Santos Neves

Depois de pesquisas, levantamentos e até audiência pública, começam a aparecer as primeiras propostas do Plano de Mobilidade Urbana para Guarapari (Planmob). Entre as principais medidas para melhorar a fluidez e tornar o trânsito mais democrático para pedestres, ciclistas e motoristas está a transformação de algumas vias em mão única.

DSC09330

Av. Ewerson de Abreu Sodré

Entre elas, a Av. Ewerson de Abreu Sodré, na saída da ponte sentido Muquiçaba, e a Avenida Francisco Viera Passos até a rotatória do Extra Center, deixarão de ser mão dupla. Assim como a Rodovia Jones dos Santos Neves que passará a ser mão única para quem segue sentido ao Centro. Essas são medidas já definidas no plano que é uma parceria da Prefeitura de Guarapari com o Governo do Estado.

DSC09331

Av. Francisco Vieira Passos

 

“A ideia é que mesmo que seja um percurso maior, você vai percorrer com menos tempo diante da fluidez do trânsito”, explica o secretário adjunto de Segurança e Trânsito, Edinho Maioli. Afinal, hoje contamos com uma frota de cerca de 60 mil veículos segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Mas, na alta temporada, esse número triplica de acordo com o secretário, passando para quase 200 mil.

“O plano dá diretrizes a curto, médio e longo prazo. São propostas que necessitam de tempo para execução e que vamos tentar captar recursos financeiros para executá-las tanto com o Estado quanto com o Governo Federal. A empresa responsável pela elaboração do projeto já entregou uma prévia. Mas a prefeitura sentiu a necessidade de refazer alguns pontos e pretendemos ter essa conversa definitiva com o novo governo até março”, conta Edinho.

Ele ainda destaca que o plano é flexível e que pode sofrer alterações à medida que for sendo implantado e que o prazo para execução depende da disponibilidade da verba. No entanto, ressalta que a prefeitura já começou a adotar algumas medidas tendo em vista as propostas do plano como a implantação da sinalização horizontal e vertical.

Outra alteração, mas que ainda está sendo discutida no plano, é tornar a Rodovia do Sol, ao longo do Aeroporto, também mão única no sentido de quem vem de Vitória. “Essa proposta ainda está sendo analisada, mas é uma possibilidade ter o sistema binário até o Corpo de Bombeiros. Além de ter várias ruas para receber o fluxo do trânsito na Praia do Morro”, afirma Edinho.

Essas medidas vão possibilitar a implantação do estacionamento rotativo nessas áreas além de viabilizar a rede de ciclovias e ciclofaixas como já prevê o plano. Hoje, Guarapari só tem ciclovia na Praia do Morro, na Ponte e na Praia do Riacho. Outro ponto que já está sendo contemplado com espaço adequado para os ciclistas é do Trevo de Setiba à Jones dos Santos Neves, na altura do Posto Esplanado. Obra prevista no investimento do Governo do Estado.

“Com essa obra estadual e com o sistema binário na Ewerson de Abreu Sodré e na Jones dos Santos Neves, há mais chances de implantar ciclovia e ciclofaixa ligando o Aeroporto, Muquiçaba e Centro e a Rodovia ao Centro. Mas tudo vai depender do espaço disponível, porque vamos ter que aliar calçada para pedestre, ciclovia ou ciclofaixa além das vagas para o rotativo”, afirma Edinho.

Mapa2

Reportagem: Lívia Rangel

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio