Anúncio

Passageiras podem desembarcar fora dos pontos em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 1 de abril de 2019 às 10:40
Atualizado em 1 de abril de 2019 às 11:07
Anúncio

As mulheres devem solicitar e fazer valer a lei popularmente conhecida como “Parada Rosa”.

“Parada Rosa” em Guarapari. Foto: Arquivo

Todas as passageiras em Guarapari já podem desembarcar fora do ponto de ônibus das 21 às 6h. O direito está garantido pela Lei nº 4.221/2018.

De acordo com a Câmara de Guarapari, que aprovou e promulgou a “Parada Rosa” em maio do ano passado, a empresa concessionária do transporte coletivo da cidade já informou e orientou os motoristas e cobradores, que devem atender a solicitação das passageiras dentro do período estipulado pela Lei.

Por nota, a Expresso Lorenzutti se posicionou concordante, uma vez que a Lei beneficia todas as mulheres usuárias do transporte coletivo de passageiros do Município de Guarapari, e reforçou que os motoristas já estão cientes a cumprirem a determinação legal, sempre observando as regras de trânsito para que este desembarque ocorra de maneira segura na via pública, tanto para usuária como para os demais passageiros que estão no ônibus.

A vereadora Fernanda Mazzelli (PSD), autora do projeto, afirmou que a Parada Rosa já é uma realidade em outras cidades brasileiras e que viu a necessidade de implantá-la em Guarapari com o objetivo de proteger as mulheres. “Nós estamos um momento com muitos casos de feminicídio no Brasil. O Espírito Santo é um dos estados mais violentos e Guarapari também está presente neste ranking. Temos muitos casos de violência contra a mulher e, com as mulheres podendo parar mais próximo de casa, elas terão uma maior segurança para ir ou vir do trabalho”, explicou.

  • Com informações divulgadas pela Câmara de Guarapari

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais 2 mortes e 21 novos casos

Ao todo, o município contabiliza 1034 casos confirmados da Covid-19 e 43 vítimas fatais da doença

WhatsApp Image 2020-06-24 at 18.20.36 (1)

MPs pedem suspensão do contrato para construção do Hospital Cidade Saúde em Guarapari

Ação Civil Pública mostra que há várias falhas na execução do contrato firmado entre a União, a Caixa Econômica Federal e o Município

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Vacinação contra a gripe está aberta para toda população em Guarapari

majeski

Deputado propõe projeto que garante teste gratuito para Covid-19 aos doadores de sangue

A proposta do deputado estadual Sergio Majeski (PSB) promete contribuir para aumentar o número de doadores de sangue e a quantidade de pessoas testadas para o novo Coronavírus no Espírito Santo

Anúncio
Atacado-VEM

Atacado Vem passa por nova etapa para a construção em Guarapari

O atacarejo ficará localizado no bairro Muquiçaba e a promessa é de geração de empregos diretos e indiretos durante e após o término das obras

WhatsApp-Image-2020-07-02-at-16.30.09

Manhã de tiros e homicídio em Muquiçaba