Anúncio

Passageiros tentam derrubar alteração na rota dos ônibus intermunicipais

Por Glenda Machado

Publicado em 30 de setembro de 2015 às 20:43
Atualizado em 30 de setembro de 2015 às 20:43

Anúncio

Depois do abaixo-assinado para derrubar a alteração na rota dos ônibus intermunicipais, os passageiros agora vão entrar com uma petição contra a medida de adaptação proposta pela prefeitura. O documento já está pronto e será protocolado nesta sexta-feira, dia 2 de outubro, no Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES).

Antes, a ideia era que a partir do funcionamento da nova rodoviária – previsto para amanhã – o ponto de partida e chegada das linhas intermunicipais seria no Rodoshopping, próximo ao Trevo da BR-101. No entanto, em reunião no dia 11 de setembro, ficou acertado um sistema de ajuste a ser adotado por seis meses a partir do dia 25 de outubro.

A linha Ipiranga x Dom Bosco sairá de forma alternada, um horário partindo do antigo terminal e outro pela nova rodoviária. A viação Planeta seguirá o trajeto normal, seguindo pela Rodovia Jones dos Santos Neves saindo direto na BR 101. Os que saírem do Rodoshopping já pegarão a BR 101.

A viação Alvorada, também vai trabalhar com horários alternados, um saindo do Ipiranga e outro do Rodoshopping. Só que vão fazer um trajeto diferente, passarão pela Rodovia Jones dos Santos Neves, entrarão no Sesc até a Rotatória do ExtraCenter e então seguirão o trajeto normal passando pelo Aeroporto, Perocão, Santa Mônica, Setiba até chegar à Rodovia do Sol.

Já os que saiam das respectivas rodoviárias em Muquiçaba, passarão todos a sair do Rodoshopping. Já a primeira alternativa que seria todos saírem da nova rodoviária passando pelo Contorno da ES 060 ficou a critério de cada empresa optar por ter essa linha de forma executiva.

“É uma medida de adaptação. Esse prazo de transição de seis meses pode ser estendido por oito meses até um ano. A prefeitura está em fase de conclusão do decreto que deve ser publicado em outubro. É uma alternativa que desafoga o trânsito de Muquiçaba, onde temos o maior problema de mobilidade urbana”, explica o subsecretário de Transporte, Edinho Maioli.

De acordo com ele, mesmo depois desse período de transição, a rota dos ônibus será pelo Sesc. No entanto, a decisão não agradou os usuários. Para eles, não tem justificativa legal que sustente essa alteração que vai prejudicar muitos trabalhadores que usam esse meio de transporte para trabalhar nas cidades vizinhas.

“Acreditamos que esse acordo entre prefeitura e o proprietário da nova rodoviária não tem valor tendo em vista que não teve a participação do órgão responsável por esse tipo de autorização que é o DER-ES. É um assunto de interesse público e não particular”, conta um dos organizadores da petição, José Derli Vieira, o Gaúcho.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

foto-mulheres_que_lutam-2021-06-24

Grupo de mulheres de Guarapari realiza protesto contra feminicídio

Ato cobra compromisso do Poder Judiciário com ações que combatam o feminicídio

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

Anúncio

Anúncio

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

Anúncio

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

Anúncio