Anúncio

Patrulha Maria da Penha realiza mais de 70 atendimentos mensais em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 8 de janeiro de 2020 às 10:28
Atualizado em 8 de janeiro de 2020 às 10:24

Anúncio

O programa atende mulheres vítimas de violência doméstica e familiar

O programa integra a Rede de Atendimento e de Enfrentamento à Violência contra a Mulher. Foto: Divulgação

A Patrulha Maria da Penha consiste no acompanhamento de vítimas de violência doméstica e familiar por meio de visitas periódicas de uma dupla de policiais militares. O programa integra a Rede de Atendimento e de Enfrentamento à Violência contra a Mulher e objetiva “prestar apoio às mulheres vítimas de violência doméstica através do acompanhamento e fiscalização da aplicabilidade das medidas protetivas de urgência previstas na Lei 11.340, Lei Maria da Penha”, segundo o Comandante do 10º Batalhão da Polícia Militar, Tenente-coronel Cleverson Mancini Lyra. Em Guarapari, a Patrulha realiza cerca de 70 visitas mensais e o número não para de crescer.

Para o Comandante, o aumento do número se deve ao fato de que “a sociedade está alerta e as mulheres estão denunciando mais”. Com os atendimentos, os policiais têm conquistado a confiança das mulheres, que, muitas vezes, sofriam caladas por constrangimento. Os soldados Bonelá e Kalebe, integrantes da Patrulha Maria da Penha do 10º BPM, afirmam que ver a recuperação das vítimas é gratificante. “Estamos aqui para servir e proteger. Como Guardiões da Vida, é ainda mais recompensador”.

De acordo com o Batalhão, a Patrulha Maria da Penha segue em atividade mesmo no período de alta temporada.

  • Com informações do 10º Batalhão da Polícia Militar

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

curso-qualificar-es-online-2021-08-03

ES abre inscrições para 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos de qualificação profissional

Inscrições podem ser realizadas entre os dias 3 e 10 de agosto

crime em Gri

Crime em Guarapari: mulher foi amarrada e torturada antes de ser assassinada

Ana Paula da Silva Barbosa, de 52 anos, foi morta na noite de domingo (1); o marido dela também foi agredido e teve ferimentos na cabeça

Anúncio

Anúncio

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

Anúncio

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

Anúncio