Anúncio

PC desarticula organização criminosa ligada a fábrica placas em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 12 de dezembro de 2018 às 08:32
Atualizado em 12 de dezembro de 2018 às 08:46
Anúncio

De acordo com a investigação, o esquema montado pode ter causado um prejuízo milionário.

Policiais cumpriram dez mandados judiciais de buscas e apreensões em escritórios de despachantes e fabricantes de placas veiculares. Fotos: Divulgação/PC

A equipe da Divisão de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) desarticulou, nessa terça-feira (11), uma organização criminosa suspeita de causar prejuízos milionários no Estado. Os policiais cumpriram dez mandados judiciais de buscas e apreensões em escritórios de despachantes e fabricantes de placas veiculares nos municípios de Vitória, Vila Velha e Guarapari. “Os integrantes dessa organização criminosa montaram um esquema de adulteração de sinais identificadores, falsificação de documentos públicos e reinserção de veículos clonados no mercado do Espírito Santo”, explicou o responsável pela operação, delegado Ricardo Toledo.


O delegado disse ainda que essa organização criminosa causou um prejuízo milionário a empresas, a particulares e ao Estado. “A investigação durou cerca de dez meses. Fizemos um levantamento das adulterações que eram feitas nos veículos apreendidos pelas forças de segurança do nosso Estado. Conseguimos identificar uma das células da cadeia envolvendo despachantes e fabricantes de placas automotoras que atuavam na receptação e adulteração veicular em nosso Estado. A partir disso, montamos a nossa operação”.


Durante a ação, os policiais também estiveram em quatro escritórios de despachantes, localizados em Vitória e Vila Velha, e três fábricas de placas em Vitória, Vila Velha e Guarapari. “Como eles fazem parte da organização criminosa, pois forneciam dados para os criminosos, nós pedimos à Justiça que decretasse a suspensão das atividades comerciais deles. As investigações continuam até que todos os envolvidos sejam identificados e presos”, concluiu Ricardo Toledo.

  • Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Hamilton Garcia

Estabelecimentos voltam a funcionar sem restrição de horário, em Guarapari

Além do comércio, o novo decreto flexibiliza o acesso às praias e a entrada de turistas na cidade

palacio-anchieta

Governo do Estado prevê orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Apae Guarapari arrecada alimentos para almoço solidário

O dinheiro da venda das refeições será destinado à manutenção da estrutura da instituição, que sofreu alguns devido às últimas chuvas

educacao-infantil

Divulgado protocolo para retorno das aulas presenciais na Educação Infantil no ES. Veja as regras!

Dentre as recomendações das secretarias de Educação e de Saúde, estão os cuidados básicos, como higienização correta dos espaços e o uso de máscaras

Anúncio
edson

Covid-19: Edson deve prestar esclarecimentos ao MPC, após compras sem licitação

4694CA63-FE4F-4EC5-B5E2-7CFFD072E9D9

Após 27 anos, Basic Idiomas encerra as atividades em Guarapari

Anúncio