Anúncio

PC divulga identidade de mais indivíduos envolvidos com laboratório de cocaína em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 11 de julho de 2019 às 18:43
Atualizado em 12 de julho de 2019 às 01:10

Anúncio

O laboratório, localizado em Buenos Aires, foi descoberto pela Polícia Civil em fevereiro deste ano, após uma denúncia anônima.

A Polícia civil de Guarapari divulgou o andamento das apurações relacionadas a um laboratório de produção de cocaína, localizado em Buenos Aires, que foi desmontado em fevereiro deste ano.  Dos cinco envolvidos, dois já se encontram presos: Leandro Traba Ferreira e Heder Luis Lopes, que já estava detido por outro crime. Continuam foragidos Márcio dos Santos, Daniel Carlos Ribeiro e Thiago dos Santos, de 28 anos, conhecido como “Tutu”, que é responsável pelo laboratório e chefe do tráfico de drogas em Seringal, no Município de Viana.

De acordo com informações da Polícia Civil, após a descoberta do imóvel, que funcionava como laboratório de cocaína, foram realizadas inúmeras diligências com o objetivo de identificar os outros envolvidos com o crime. Por meio de um acordo de delação premiada, homologado pela justiça com um dos participantes, a polícia conseguiu identificar os outros indivíduos e, através de dados de inteligência, comprovou que todos os personagens citados pelo delator frequentavam o local e mantinham vínculos interpessoais.

O delegado Guilherme Eugênio, titular da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), enfatizou a importância das investigações para a intimidação do tráfico de drogas no município. “Infelizmente por causa da alta taxa de desocupação imobiliária e a grande extensão territorial, a cidade é atraente para a produção e distribuição de drogas. Minha meta como delegado é que Guarapari deixe de ser um local atraente para o tráfico de drogas”, afirmou.

Após a confirmação do envolvimento de mais indivíduos no crime,foram apresentados os pedidos de prisão e, por meio do DEIC metropolitano, buscas foram realizadas na casa de Heder Luiz Lopes no dia 03 de junho.  Além de armas e munições, os policiais encontraram, na residência de Heder, 50 Kg de ácido bórico, balanças de precisão, máscaras de proteção química, além de eletrodomésticos e outros materiais usados na produção e envase de drogas derivadas da cocaína. A operação foi voltada ao combate ao tráfico de drogas no Morro da Penha, em Vitória, e teve como um dos alvos o Heder. De acordo com a Polícia Civil de Guarapari, as apreensões dos insumos para produção de drogas na casa do indivíduo, ajudaram a confirmar o envolvimento dele com o laboratório.

Imóvel onde funcionava o laboratório.

Segundo a Polícia Civil, o processo já corria contra Thiago dos Santos e, por meio de seus advogados, os outros envolvidos no crime souberam da acusação contra eles. Na última terça-feira (09), Leandro Traba Ferreira foi ao fórum, a pedido de seu advogado, querendo uma cópia do processo. Ele foi então detido por policiais a disposição da justiça e encaminhado à delegacia, pois a prisão de todos tinha acabado de ser decretada. Porém, a defesa dos acusados teve acesso às investigações, impedindo o cumprimento dos mandados de prisão expedidos contra Márcio dos Santos e Daniel Carlos Ribeiro.

O delegado Guilherme Eugênio destacou a importância do apoio da população para a identificação dos foragidos. “Quem tiver informações sobre a residência dos outros participantes, mesmo que seja transitória, pedimos que entre em contato com a polícia através do 181 e 190”, concluiu.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio