Anúncio

Petrobras pode reduzir preço da gasolina em 2016

Por Gabriely Santana

Publicado em 26 de dezembro de 2015 às 15:00
Atualizado em 23 de dezembro de 2015 às 19:45

Anúncio

Com a queda no preço do barril do petróleo, cotado abaixo dos US$ 40 no mercado internacional, a Petrobras pode reduzir os preços da gasolina e do óleo diesel no início de 2016. Ao encerrar o mês de dezembro, a estatal observará a média em que os preços foram fechados e, por uma condição comercial, pode ser necessário reduzir o prêmio sobre o combustível.

Caso opte por baixar os preços dos combustíveis, a estatal aceitará também reduzir sua receita. Nesta semana, a cotação do brent atingiu o menor patamar em 11 anos, e o barril fechou nesta terça-feira, dia 22, em queda de 0,52%, a US$ 36,16.

A Petrobras diz que a política de preços da companhia “permanece com o objetivo de alinhamento entre os preços domésticos e internacionais”. A estatal lembra, porém, que “os reajustes de preços praticados nos produtos, sejam de aumento ou redução, evitam refletir a volatilidade dos preços do petróleo nos mercados internacionais e oscilações cambiais”.

A última vez que a Petrobras reduziu os preços da gasolina e do diesel foi em junho de 2009, com uma queda de 4,5% para a gasolina e de 15% para o diesel. Já ocorreram reduções de preços também em abril de 2003, maio de 2002 e em janeiro de 2002, tão logo estes itens deixaram oficialmente de ser fixados pelos governo federal.

Uma fonte a par das discussões explica que a Petrobras adota, agora, uma regra que determina a avaliação a cada três meses da evolução dos preços com a fórmula interna.

No entanto, outra fonte na estatal considera pouco provável que a Petrobras consiga reduzir preços. Isso porque, de acordo com esta fonte, com o preço do petróleo baixo, a única forma de melhorar o caixa da estatal é mantendo os preços elevados.

“Esse é um assunto que cabe apenas à diretoria da companhia. A situação financeira da empresa hoje não é das melhores. Por isso, é pouco provável que a empresa reduza os preços dos combustíveis”, disse a fonte.

Segundo cálculos do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), com base nas cotações do último dia 14 de dezembro de 2015, a gasolina vendida pela Petrobras estava 315,7% mais cara em relação aos preços do produto no Golfo do México, no lado americano, que é usado como referência. Já o óleo diesel está 64,8% mais caro nas refinarias da Petrobras em comparação aos preços internacionais. A Petrobras reajustou a gasolina em 6% e o diesel em 4% no último dia 30 de setembro.

A fonte admitiu que, ao vender os combustíveis a preços acima do verificado no mercado externo, a Petrobras, de certa forma, recupera parte dos prejuízos que acumulou nos últimos anos. Embora a petroleira tenha uma fórmula própria para calcular os preços dos combustíveis, ela também sentiu os efeitos da decisão do governo de segurar reajustes para controlar a inflação. Analistas estimam que a estatal chegou a acumular perdas de R$ 60 bilhões nos últimos anos.

Fonte: Com informação de O Globo

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

74-mapa-de-risco-covid-19-1

Governo do Espírito Santo divulga 74º Mapa de Risco Covid-19

amarelo-setembro-2021-09-24

Ação em Guarapari busca conscientizar sobre importância da saúde mental

Ação acontece neste sábado (25), no Centro da cidade

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução/Pixabay

Câmara derruba veto e promulga lei contra nomeação de condenados por violência contra a mulher em Guarapari

Pfizer-COVID-19-Vacine

Ação de vacinação gera dúvidas; prefeitura de Guarapari esclarece

Anúncio

filhos procuram pai21

Sem encontrar o pai há mais de 30 anos, filha busca notícias em Guarapari

A família morava no município até a separação do casal; a mãe foi com os filhos para o Rio de Janeiro

pfizer

Pfizer: Guarapari faz ação com 12 mil doses para imunizar diversos grupos contra Covid-19

Imunização acontece amanhã (25) em Unidades de Saúde do município

Anúncio