Anúncio

Polícia recupera televisores furtados por funcionário de pousada em Guarapari

O suspeito furtou oito aparelhos e contou com a ajuda de um homem em situação de rua

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 22 de maio de 2020 às 11:30
Atualizado em 22 de maio de 2020 às 17:19
Anúncio
Foto: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil.

A equipe da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari recuperou, nessa quarta-feira (20), cinco televisores que haviam sido furtados em uma pousada no balneário da Praia do Morro. Um funcionário do estabelecimento é um dos suspeitos do crime. As apreensões aconteceram nos bairros Kubitschek e Santa Margarida, também em Guarapari. 

Os objetos foram furtados nos dias 02 de maio e no último sábado (16). De acordo com o responsável pelo caso, delegado Guilherme Eugênio Rodrigues, o funcionário da pousada furtou oito aparelhos de TV e contou com a ajuda de um homem em situação de rua, dependente químico. 

“Para transportar os objetos, os suspeitos enrolaram os televisores em roupas de cama da pousada. Mas como eles pularam o muro, três televisões foram quebradas. Diante disso, nós localizamos e recuperamos todos os cinco aparelhos que não estavam danificados, além de todas as roupas de cama”, informou Guilherme Eugênio.

A equipe de investigações apurou sobre o destino e venda dos televisores. “O suspeito do furto que era funcionário ficou com duas televisões. Outras duas TVs foram trocadas por crack e cocaína para uso dos dois suspeitos”, disse o delegado.

Ainda segundo Eugênio, o homem que trocou a droga pela TV, passou um dos aparelhos para a sogra. “O quinto aparelho foi vendido para um familiar, que também é funcionário da pousada. Ele confessou a prática do crime e foi nos orientando encontrar as demais”, afirmou.

Outras apreensões

Além dos televisores recuperados, as equipes policiais apreenderam equipamentos para jardinagem e agricultura. “Provavelmente esses objetos foram subtraídos em outro hotel. Agora as investigações irão apurar a procedência”, ressaltou o delegado. 

Os suspeitos ainda não foram presos porque não foram encontrados em flagrante. “Todos os envolvidos nos crimes foram ouvidos. O inquérito será concluído e encaminhado à Justiça. Já os objetos recuperados foram devolvidos à vítima”, informou Eugênio. 

*Com informações: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Imagem ilustrativa | Reprodução: Pixabay

O que cabe ao síndico em meio à pandemia? Advogada de Guarapari explica

Para a Dra. Maieli Marques de Oliveira, é preciso muita atenção ao determinar as medidas restritivas no condomínio

Treinamento para sessão virtual

Câmara de Guarapari realizará primeira sessão virtual da história

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada em Guarapari

A vacinação continuará até o dia 30 de junho

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

Anúncio
CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19