Anúncio

População pode fazer teste de Hepatite C neste sábado

Por Natália Zandomingo

Publicado em 6 de maio de 2016 às 18:52
Atualizado em 9 de maio de 2016 às 13:54

Anúncio

Neste sábado (7) a ONG (Organização não governamental) Associação Pró-Vidas Transplantes promoverá a campanha Dia Feliz da Saúde, que tem como objetivo realizar testes e orientar a população sobre o vírus HCV, causador da Hepatite C. A ação será realizada na Faculdade Pitágoras, no bairro Muquiçaba, das 8h às 13 horas. Não paga nada para participar.

Evento realizado pela ONG Associação Pró-Vidas Transplantes e Hepatites. Foto: ONG Assoc. Pró-Vidas

Evento realizado pela ONG Associação Pró-Vidas Transplantes. Foto: ONG Assoc. Pró-Vidas

A iniciativa é uma parceria entre a ONG e a biofarmacêutica Bristol-Myers Squibb com apoio da Secretaria Municipal de Saúde e das faculdades Centro Acadêmico do Espírito Santo, Emescam e Pitágoras de Guarapari e Linhares. As instituições de ensino vão enviar estudantes de áreas da saúde devidamente capacitados para atender, voluntariamente, a população.

A expectativa da organização é realizar até 1.200 testes só em Guarapari. A Associação Pró-Vidas Transplantes informou que orientará cada paciente individualmente e os casos confirmados de HCV serão encaminhados ao serviço municipal de saúde para dar prosseguimento ao atendimento. O resultado do teste fica pronto de 10 a 20 minutos.

Segundo o presidente da ONG, Adauto Vieira de Almeida, o Brasil possui cerca de 2 milhões de pessoas com Hepatite C e muitas outras não sabem que são portadores da doença. “Os sintomas da Hepatite demoram de 10 a 15 anos para aparecer, mas quando se manifestam o corpo já está debilitado”, alertou Adauto. Quem não faz o tratamento corre o risco de desenvolver doenças graves, como fibrose e cirrose hepática ou o câncer de fígado. A boa notícia é que o tratamento precoce diminui a necessidade de transplantes. “Hepatite tem cura. Estão disponíveis dois novos medicamentos com eficácia de 93%”, completou o presidente da ONG, que também é transplantado desde 2007.

Os principais grupos que devem realizar o teste são pessoas acima de 40 anos, indivíduos que tiveram contato sexual com múltiplos parceiros ou que tenham feito transfusão de sangue antes de 1993. Também são prioridade manicures, tatuados, pessoas que fazem hemodiálise, quem usa piercing e portadores do vírus da Aids para confirmação de coinfecção HIV/HCV, ou seja, se a pessoa possui as duas doenças. Isso é importante porque neste público a Hepatite evolui com mais intensidade e com rapidez.

A Hepatite C é transmitida via contato sanguíneo e sexual e pode ser prevenida com o uso de preservativo, não compartilhando lâminas de barbear e evitando o uso de alicates de unha não esterilizados. É importante procurar estúdios de tatuagem e piercing que utilizem material descartável e tenham autorização dos órgãos reguladores para funcionar.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio

Anúncio

temporada_de_inverno-es-2021-06-24

Governo do Estado entrega site sobre turismo capixaba, oficinas e novo circuito turístico

Setur lançou um conjunto de oficinas para o setor de turismo

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Anúncio

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

Anúncio