Anúncio

População reprova franquia de internet limitada

Por Gessika Avila

Publicado em 20 de abril de 2016 às 18:48
Atualizado em 20 de abril de 2016 às 18:48
Anúncio
André afirma que a medida vai beneficiar só quem têm condições de pagar por uma franquia de dados maior

André diz que a norma vai beneficiar só quem tem condições de pagar por uma franquia de dados maior

Esta semana a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que dentro de 90 dias as empresas de internet fixa estarão impedidas de reduzir a velocidade ou suspender o acesso dos clientes ao serviço, mesmo após o fim da franquia e que terão que oferecer ferramentas para os clientes acompanharem seu consumo. Em entrevista coletiva, o presidente da agência chegou a afirmar que a era da internet limitada acabou. Além de não atender às expectativas das entidades de defesa do consumidor, parece que a decisão não agradou a população.

Kézia Corrêa, 19 anos, panfleteira, diz que reprova a decisão. “Vai prejudicar a população, que já está acostumada a consumir determinado volume de dados. Sem contar que a internet vai ficar mais cara. Hoje eu pago R$ 40 por mês por 400 megabytes, mas tinha a intenção de trocar por internet ilimitada”, diz.

Ana Lúcia Meano, 60 anos, aposentada, também lamentou a decisão da Anatel. “Temos uma situação dividida, porque por um lado a decisão é boa para as empresas, por outro é ruim para o consumidor, porque a franquia acaba muito rápido”, comenta.

Gessiane também reprova a mudança

Gessiane também reprova a mudança

André Souza da Silva, 36 anos, desempregado, também criticou a nova norma da Anatel. “Fica difícil para nós que não temos condições de pagar por um pacote maior de franquia. A norma vai beneficiar apenas quem tem dinheiro”, lamenta.

Gessiane Corrêa Marcarenhas, 46 anos, pescadora, acha que a decisão é desleal. “É errado isso, porque se todos pagam para ter internet ilimitada é porque usam mais e agora serão prejudicados porque terão que pagar mais pelo mesmo serviço”, afirma.

Para a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), a agência está, na realidade, liberando a mudança de prática comercial, já que algumas empresas planejavam começar a cobrança em 2017 e agora têm o aval para cobrar até antes da franquia de dados.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

adote um idoso2

Campanha “Adote um idoso” arrecada doações em Guarapari

Em paralelo, há também arrecadação de alimentos para famílias carentes do município

CTPS; CARTEIRA DE TRABALHO; EMPREGO; FOTOS DAVI PINHEIRO/GOVERNO DO CEARA;

Sine Anchieta divulga novas vagas com oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio
Anúncio
Prefeito Gedson

Gedson Merizio pode se tornar deputado estadual por Guarapari

Os resultados das eleições municipais deste ano colocam Gedson com a possibilidade de assumir o cargo no próximo ano

Prêmio3

Professora atuante em Guarapari e Anchieta está entre as finalistas do Prêmio Shell

Cibele Machado é professora do nono ano do ensino fundamental II. Ela está na disputa e aguarda ansiosamente o resultado

Anúncio
casal-motohome (2)

Casal de Guarapari viaja em van com estrutura residencial montada por eles

Dentre os destinos favoritos do casal: Ubu, em Anchieta

praia do morro

Atrativos de Guarapari encantam agentes de viagem e imprensa paulista

Anúncio