Anúncio

Postos do ES diferenciam preço da gasolina por forma de pagamento

Por Gabriely Santana

Publicado em 24 de junho de 2015 às 12:33
Atualizado em 24 de junho de 2015 às 12:35

Anúncio

Abastecer o carro com gasolina comum pode ter dois preços diferentes em um mesmo posto.

Alguns estabelecimentos na Grande Vitória fazem cobranças diferenciadas de acordo com a forma de pagamento do cliente. Por conta disso, é possível pagar R$ 3,07 ou R$ 3,19 pelo litro do combustível.

Quem usa cartão de crédito ou débito paga mais caro do que quem efetua o pagamento em dinheiro.

Para o Procon Estadual, a prática é abusiva e passível de multa, que varia de R$ 300 a R$ 8 milhões.

A técnica em enfermagem Cláudia Santos foi abastecer nesse posto. Ela se surpreendeu ao ser avisada pelo frentista que o pagamento com cartão era mais caro. “Abasteci com cartão e paguei mais caro. Acho que o preço deve ser o mesmo tanto para dinheiro quanto no cartão. Vi o preço e parei, só abasteci mesmo porque precisava”, disse ela à Rádio CBN Vitória.

O frentista Antônio Menezes explica como funciona o pagamento no posto. “A gasolina é muito cara, o patrão fez essa promoção porque ganha mais no dinheiro. No cartão, a máquina tem imposto, assim o cliente ganha mais abastecendo no dinheiro, e o posto também”, contou.

Dois valores

Em outro posto de Cariacica, na BR 262, em Jardim América, há duas placas. Uma indica o preço de R$ 3,19 no litro da gasolina comum e outra com o preço de R$ 3,07, mas para o pagamento em dinheiro.

O aposentado Jair Vieira costuma abastecer no estabelecimento e já se acostumou a sempre pagar em dinheiro.“Com cartão é mais caro, e só abasteço aqui com dinheiro. Tem muito posto por aí com preços mais caros”.

Essa prática é ilegal, diz o gerente de fiscalização do Procon Estadual, Rodrigo Cristello. “É uma prática abusiva, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Há uma portaria do Ministério da Fazenda que considera o pagamento no cartão de crédito e débito como à vista, por isso, não pode haver diferenciação no preço. O consumidor está sendo enganado e pode pagar o mesmo preço no cartão”, explica.

O gerente ressalta que os casos podem ser configurados como propaganda enganosa. Denúncias podem ser feitas pelo 151.

* Com informações de Leandro Nossa, da rádio CBN Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

reuniao_PMES_PCES_Seguranca-2021

Novembro teve o menor número de assassinatos dos últimos 25 anos do ES

PHOTO-2021-11-29-15-02-06

Artigo: tomar ou não a vacina? Será que posso ser demitido?

Anúncio

Anúncio

vacina pfizer crianças

Mutirão vai aplicar vacina da Covid-19 para diversos públicos em bairros de Guarapari

Confira público-alvo de cada etapa da vacinação e Unidades de Saúde para cada dia do mutirão

radium-arquvo-foes

Guarapari: novo projeto do Radium Hotel será apresentado nesta terça (07)

Anúncio

reproducao_folhaOvitoria-CDP_Xuri

21 detentos fugiram da Penitenciária do Xuri, em região vizinha à Guarapari

Confira quais são os fugitivos

800px-Mangalarga_Marchador

Anchieta recebe campeonato do Cavalo Mangalarga Marchador neste fim de semana

Anúncio