Anúncio

Guarapari realizou 14 recambiamentos de pessoas em situação de rua em 2021

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 27 de janeiro de 2021 às 15:11

Anúncio

Guarapari realizou 14 recambiamentos de pessoas em situação de rua em 2021
Foto: divulgação/ PMG.

No mês de janeiro, a Prefeitura Municipal de Guarapari, por meio da Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac), realizou o retorno de 14 pessoas em situação de rua para seus municípios de origem e famílias. 

Em 2020, foram 153 encaminhamentos de internação ou tratamento de dependência química, além disso, foram concedidas 63 passagens para retorno das pessoas em situação de rua às cidades de origem e reintegração familiar.

“Em menos de 20 dias, agora em janeiro, conseguimos recambiar 14 moradores em situação de rua. Esse número representa mais de 20% de todos os recambiamentos realizados no ano passado. Isso é resultado do belo trabalho que vem sendo realizado pela a equipe. Esses números mostram que estamos no caminho certo, pois todas essas pessoas agora estão juntos aos seus familiares, o que torna o trabalho ainda mais especial”, disse a secretária de Trabalho, Assistência e Cidadania, Breila Mardegan. 

Breila ressaltou ainda que retirar as pessoas das ruas é algo muito complexo. “Encontramos várias histórias, cada um tem seu passado, algo que precisa ser trabalhado e isso demanda tempo. A população precisa entender que retirar as pessoas das ruas à força é uma violação de direito e o Município não pode fazer isso, tanto que nossas ações são acompanhadas pelo Ministério Público”, disse a secretária. 

Atualmente o município possui aproximadamente 140 moradores em situação de rua, mas vale lembrar que este número oscila de acordo com a época do ano.

Centro Pop

O Centro Pop conta com assistentes sociais, psicólogo e educadores sociais, e realiza o atendimento de pessoas em situação de rua de segunda à sexta-feira, de 8h às 17h. 

O trabalho acontece em rede, com articulações importantes em relação a saúde mental e dependência química, envolvendo outros setores da Saúde e Assistencia Social de Guarapari. Esse trabalho tem como resultado a reintegração familiar, o tratamento ambulatorial e internação em clínica psiquiátrica de acordo com cada caso.

Também são realizados recambiamentos previamente avaliados pela equipe técnica, que se norteiam pelos critérios definidos em normativas nacionais e recomendados pelo Ministério Público.

*Com informações de Prefeitura Municipal de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

foto-afogamento-2

Testemunhas negam que salva-vidas resgataram turista afogado na Praia das Castanheiras, em Guarapari

WhatsApp Image 2022-08-11 at 16.26.06

Guarasolda Tintas, em Guarapari, abre vagas de emprego

Anúncio

Anúncio

creche-alegria-doacoes-8

Guarapari: Feijoada da Luazul arrecada doações para a Creche Alegria

Hands of businessman with pen in his hand texting

Eleições 2022: O que a lei diz sobre o uso das redes sociais e manifestações públicas durante a campanha?

Anúncio

reginaldo-neves-limpeza-2-1

Faxineiro de Guarapari amplia negócio e já trabalha com equipe de 12 profissionais

História de homem que trabalha como faxineiro chamou a atenção há dois anos

foto-afogamento

Homem morre afogado na Praia das Castanheiras, em Guarapari

Testemunhas relataram que o homem passou mal enquanto estava no mar

Anúncio