Anúncio

Prefeitura suspende festas de São Pedro, Reveillon e Concerto de Natal

Por Livia Rangel

Publicado em 23 de maio de 2015 às 13:19
Atualizado em 23 de maio de 2015 às 13:19
Anúncio
IMG_0047Motivo é a necessidade de contenção de despesas. Corrida da Cidade Saúde e Festa da Cidade também terão orçamento reduzido

Alegando necessidade de corte de mais custos frente a um cenário econômico instável a Prefeitura de Guarapari decidiu cancelar as festas de São Pedro, Reveillon e Iluminação e Concerto de Natal. Além disso, a Corrida Cidade Saúde e a Festa da Cidade terão orçamento reduzido. Todos os eventos pertencem à pasta de Esporte, Cultura e Turismo. Não foi citado nada referente ao Carnaval.

Em nota, a Prefeitura diz que decidiu adotar estas medidas para priorizar outras áreas, como Saúde, Educação e Assistência Social.

“Para atender às necessidades do município, hoje, a folha de pagamento da Saúde é de, aproximadamente 1,5 milhão de reais. O repasse federal para este fim é de apenas 300 mil reais. Os outros 1,2 milhão de reais é todo absorvido pelo município, por meio de recursos próprios. Se a arrecadação municipal, que é baseada no recebimento de impostos, diminui, por causa da inadimplência, o município acaba tendo que aumentar o repasse de verba para garantir os serviços de saúde, que é prioridade absoluta. Por consequência, faltarão recursos para se investir em novos projetos e obras. É questão de matemática e prioridade”, destacou.

Herança de dívidas

orlyA administração também citou as dívidas herdadas de administrações anteriores, que consomem R$ 720 mil mensais. “Este fato reduz a capacidade de investimento em Obras e Infraestrutura, gerando a necessidade de planejar as ações e a oferta dos serviços públicos qualitativamente para garantir que a população tenha bons serviços à sua disposição”, completa.

Em março, foi anunciado um primeiro pacote de medidas para conter os gastos, entre eles a redução da jornada de trabalho para turno único, redução de horas extras, redução de plantões, limitação do uso de veículos oficiais, campanha interna para redução do consumo de água, energia e telefone e cancelamento de contratos de fornecimento de materiais de consumo. Estas medidas, segundo a Administração, surtiram os efeitos esperados e “contribuíram diretamente para não ser necessária a demissão de servidores públicos, opção descartada”.

“A minha prioridade é honrar a folha de pagamento dos servidores, ainda que não consigamos realizar os aumentos pretendidos. É hora de a população somar esforços para que possamos passar por esta crise com o menor impacto possível, e sair dela mais fortes”, declarou o prefeito Orly Gomes.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra 10 novos casos e mais 5 curados

Ao todo, o município contabiliza 161 infectados; Desses, 116 já estão curados

Foto: Reprodução

Profissional da saúde com Covid-19 é encontrada trabalhando em Guarapari

Descumprir o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública

Anúncio
Anúncio
civilpm

Policiais prendem um suspeito de assalto e outro de tentativa de homicídio em Guarapari

wendel1

Vereador de Guarapari poderá ser condenado a devolver dinheiro e a pagar multa

MPC pede condenação de Wendel Lima, então presidente da Câmara em 2017, por autorizar despesas sem interesse público

Anúncio
capa jose luiz

Médico que mora em Guarapari vence a Covid-19 e compartilha luta contra o vírus

“A gratidão é por uma nova chance da vida. A missão dele como médico ainda não acabou”, declarou a esposa e aliada de batalha

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari confirma 7º óbito; Sobe para 111 número de curados

A vítima fatal da doença residia em Muquiçaba; Município não registra novos casos desde o último sábado (23)