Anúncio

Presos responsáveis pelo caminhão que provocou acidente em Guarapari ano passado

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 15 de março de 2018 às 11:30
Atualizado em 15 de março de 2018 às 10:05
Anúncio

Os irmãos Jacymar Pretti, 63, e Leocir Braz Pretti, 49, donos da empresa Jamarle Transportes, responsável pelo caminhão que provocou o acidente que deixou 23 mortos em junho do ano passado, causado por uma série de irregularidades no veículo, se entregaram na Delegacia de Delitos de Transito, em Vitória na manhã desta quarta-feira (14). Ambos estavam com mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça na última segunda-feira (12).

Durante a manhã eles foram ouvidos na delegacia e levados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória onde realizaram os exames antes de irem para o presídio. O advogado de defesa ressaltou que não concorda com a autuação feita contra eles por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Para ele, os dois deveriam ter sido autuados por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Ao todo, 23 pessoas morreram e 20 ficaram feridas. Foto: Divulgação.

No início da tarde, os dois suspeitos foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari. O inquérito policial foi finalizado pela Polícia Civil em novembro de 2017 e os irmão foram autuados por 23 homicídios dolosos qualificados, por motivo torpe, 18 tentativas de homicídio e ameaça e coação a testemunhas. Caso sejam condenados, podem pegar até 54 anos de prisão.

Jacimar e Leocir foram presos no dia 24 de agosto, quando a Justiça decretou a prisão temporária de ambos, mas foram liberados quando o prazo venceu. Com o fim do inquérito, a Polícia Civil também pediu a prisão preventiva dos donos da transportadora.

Em tempo

A defesa dos irmãos entrou com pedido de habeas corpus na Justiça que foi distribuído. O relator do processo, de acordo com o TJES, será Sérgio Bizzoto Pessoa de Mendonça, sendo o órgão julgador a Segunda Câmara Criminal.

O acidente foi considerado o maior do Estado. Foto: Divulgação.

O acidente

Dito o maior acidente do Estado, aconteceu em Guarapari no início da manhã do dia 22 de junho do ano passado. Uma carreta, um ônibus interestadual e duas ambulâncias, dos municípios de Alfredo Chaves e Jerônimo Monteiro, se envolveram no acidente. Ao todo, 23 pessoas morreram e 20 ficaram feridas.

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Casagrandecoletiva

Coronavírus: Governo do ES anuncia novo Mapa de Gestão de Risco

12 municípios capixabas estão enquadrados no Risco Alto; Mapa valerá da próxima segunda-feira (01) até o dia 07 de junho

Foto: Reprodução

Artigo: Coronavírus – O fim das atividades empresariais e a extinção dos contratos de trabalho

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta isola praias para enfrentar o avanço da Covid-19

O Município expediu ontem (29) dois novos decretos tratando de medidas de prevenção ao avanço do novo coronavírus (Covid-19)

prefeitura

Guarapari: Prefeitura propõe novo piso salarial para agentes de saúde e de combate a endemias

Para explicar o projeto, ontem (29), as Secretarias de Saúde (Semsa) e de Administração (Semad), realizaram um reunião com alguns representantes das categorias

Anúncio
office-1574717_1280-1-1024x700

Novo documento reúne medidas econômicas para enfrentamento à Covid-19 no ES

sala de aula1

Escolas e faculdades permanecem fechadas no Espírito Santo até o final de junho

Novo decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial, neste sábado. Cinemas e teatros também seguem fechados e shows suspensos