Anúncio

Professores de Guarapari continuam ganhando abaixo do piso nacional

Por Glenda Machado

Publicado em 17 de maio de 2016 às 23:33
Atualizado em 17 de maio de 2016 às 23:33

Anúncio

Categoria pediu 15%, mas prefeitura propôs e vereadores aprovaram reajuste de 6%

piso 1

REAJUSTE foi aprovado em sessão extraordinária realizada hoje às 18h.

Os professores da rede pública municipal vão continuar ganhando abaixo do piso nacional. Isso porque mais uma vez, o reajuste proposto pela prefeitura e aprovado pelos vereadores foi inferior. Enquanto o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) pediu 15%, o aprovado foi de 6% na sessão extraordinária realizada hoje às 18h.

“Nós pedimos o reajuste do piso nacional deste ano que foi de 11,36% mais a diferença do percentual de 7,5% dado no ano passado quando deveria ter sido de 10,37%, o que dá algo em torno de 15%. Mas o prefeito disse que só poderia dar 6%, nós levamos a proposta para assembleia, a categoria protestou, repudiou, mas para não correr o risco de ficar sem, resolveu aceitar com ressalvas”, explica o presidente do Sindiupes, Prof. Adriano Albertino.

DSC03183

SINDIUPES vai  ingressar na justiça requerendo retroativo desde 2015.

De acordo com ele, o piso base inicial hoje é de R$ 1.334,82. Mas em Guarapari está em R$ 1.196,61. “Nós vamos ingressar com uma ação judicial pedindo o pagamento do piso porque está previsto em lei e tem que ser cumprido. Vamos requerer o retroativo dos percentuais que não nos foram concedidos de janeiro de 2015 e agora o retroativo de janeiro de 2016”, destaca o presidente.

O projeto de lei 073/2016, que é de autoria da prefeitura, foi aprovado por unanimidade, sendo que dois vereadores não estavam presentes: Anselmo Bigossi e Paulina Aleixo Pinna. O aumento é retroativo à janeiro de 2016.

 

 

CONFIRA A TABELA DOS NOVOS VALORES 

piso

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio