Anúncio

Projeto da prefeitura já está produzindo uvas em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 16 de janeiro de 2019 às 10:38
Atualizado em 16 de janeiro de 2019 às 10:38

Anúncio

O programa foi iniciado em julho de 2018 e já está com frutos em fase de formação.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarapari.

O programa de viticultura, que começou a ser desenvolvido em julho de 2018 na região das montanhas de Guarapari, já está dando resultados. O programa que visa o desenvolvimento rural sustentável, já está com frutos em fase de formação. O projeto é realizado pela Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura (Semag), em parceria com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

O engenheiro agrônomo e chefe do escritório do Incaper no município, Cássio de Souza, falou sobre a importância de um projeto como esse na cidade. “O município de Guarapari é privilegiado por possuir uma diversidade de ambientes, o que potencializa a diversificação da produção agrícola, inclusive da viticultura. A maior parte da uva comercializada nas Centrais de Abastecimento do Espírito Santo (Ceasa) vem de fora do estado. Guarapari é uma cidade que recebe milhões de turistas durante o ano, possui mercados diversos, feiras livres, mercados institucionais e vendas diretas ao consumidor. Esses fatores associados tornam a atividade altamente promissora”, disse.

Os 43 agricultores, de 17 comunidades rurais que participam do projeto, primeiramente receberam os diagnósticos de suas propriedades para verificar a possibilidade de plantio. Posteriormente, foi elaborado o plano de produção de cada produtor que recebeu a capacitação necessária para o plantio e a colheita da fruta.

Somente em 2018, foram distribuídas 12 mil mudas de espécies para consumo in natura (mesa) e suco. Para a mesa foram inseridas as mudas do tipo Niagara Rosada. Para suco, vinho e consumo de frutas sem sementes, foram entregues mudas das espécies Niagara, Vitória, Ises e Carmem. A intenção é expandir o programa de acordo com a demanda e a solicitação de outros produtores.

A Secretária de Meio Ambiente e Agricultura, Thereza Christina Santos, falou sobre a procedência do material. “As mudas, adquiridas pelo município e doadas aos produtores, são da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), todas elas certificadas e que vêm produzindo o fruto de qualidade”, disse.

De acordo com a prefeitura, desde 2017 o município e o Incaper vêm realizando reuniões, palestras motivacionais e excursões técnicas a municípios vizinhos, com a participação dos produtores participantes. Os viticultores que aderiram ao programa recebem assistência técnica especializada, tudo de forma específica para cada propriedade.

Segundo o secretário adjunto de Agronegócio, Davi Arpini, em no máximo três anos, esses frutos já estarão com o potencial esperado para a comercialização. “Esses primeiros frutos que começam a ser colhidos precisam ser retirados para não sugar a energia da planta, mas já é possível ver uma qualidade excepcional nesse início de produção”, explicou.

*Com informações da Prefeitura de Guarapari.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

caso-agressao-pm-gri-2021-09-28

Policiais agridem mulher em Guarapari; Casagrande pede providências imediatas

pfizer

Guarapari realiza agendamento para segunda dose da vacina Pfizer contra a Covid-19

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução

Pacientes não conseguem medicamento para tratamento de Parkinson em Guarapari

sequelas cirurgia8

Com sequelas devido a uma cirurgia, jovem de Guarapari precisa de tratamento e mãe pede ajuda

Anúncio

impostos-combustiveis-gasolina-2021-09-28

Para evitar aumentos, Governo do Espírito Santo congela imposto de combustíveis

processo_seletivo-2021-04-01

Anchieta abre seleção com remuneração de até R$9 mil

Inscrições acontecem nesta quinta (30) e sexta-feira (01)

Anúncio