Anúncio

Projeto de Guarapari mobiliza doações para ajudar o Centro Social Santa Mônica

O objetivo é atender as famílias das crianças assistidas pela instituição

Por Carolina Brasil

Publicado em 8 de junho de 2020 às 11:27
Atualizado em 9 de junho de 2020 às 09:07

Anúncio

Centro Social Santa Mônica. Imagem: Divulgação

Diante da situação de dificuldade que vivem muitas famílias de Guarapari, o Projeto PIPA, que existe há cerca de quatro anos, está mobilizando doações em uma campanha para ajudar o Centro Social Santa Mônica, que fica no bairro Bela Vista. O objetivo é atender as famílias das crianças assistidas pela instituição.

Com as medidas restritivas de combate a pandemia do novo Coronavírus no município, as crianças atendidas pelo Centro Social Santa Mônica estão impedidas de frequentar o local, onde recebiam vários cuidados e alimentação regular. A falta dessa referência somada a perda do trabalho e da renda de boa parte das famílias das crianças assistidas têm colocado essas pessoas em situação de grande vulnerabilidade.

Para minimizar esse impacto, o Centro Social tem ofertado cestas básicas a cerca de 50 famílias atingidas diretamente. Porém, faltam itens importantes para completar a ajuda e nessa necessidade entrou o Projeto PIPA. “Além do alimento, existem produtos fundamentais, especialmente nesse momento de luta contra uma pandemia. Por isso, nosso foco é contribuir para a doação de produtos de higiene e limpeza, álcool gel e fraldas descartáveis, assim como leite e biscoitos. Estamos incentivando a doação em dinheiro também, que é feita diretamente na conta da instituição, que fará a compra e a entrega, tudo muito transparente”, explicou Bruna Miranda, idealizadora do Projeto PIPA.

Bruna lembrou que o PIPA já realizou diversas ações com foco nas crianças. As necessidades do Centro Social, inclusive, vieram de encontro aos anseios do projeto. “A ideia é usar a nossa força e mobilizar aqueles que já conhecem a seriedade do nosso trabalho. Por conta da pandemia, também estávamos encontrando dificuldades para atuar. O momento é muito triste, enquanto uns estão bem, muitos estão sem o básico”.

Para a idealizadora do projeto PIPA, o momento é de se transformar. “Agora é mais do que a hora de cuidar da gente e do outro, de olhar para as outras pessoas que não têm os mesmos privilégios que nós e fazer o que pode para ajudar, se mobilizar. Quando você faz o bem para alguém está fazendo também a si mesmo”, finalizou Bruna.

Dados bancários para doação:

Centro Social Santa Mônica/ Associação Sal da Terra

CNPJ: 69.271.930/0002-67

Banco do Brasil

Agência: 0924-5

Conta Corrente: 54.325-X

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

samarco_reproducao

Sine Anchieta: 88 vagas com oportunidades para Guarapari e para área da Samarco

50 das oportunidades são para atuar dentro da área da Samarco

Meaípe

Guarapari: Moradores de Meaípe comemoram o anúncio da obra de engordamento da praia

Anúncio

Anúncio

Munir-Abud

Banco Central aprova indicação de advogado de Guarapari como diretor-presidente do Bandes

A partir da próxima semana, o advogado guarapariense assume formalmente a Direção do banco capixaba

Imagem-23.02-01-1

Em 3 dias, PM apreendeu grandes quantidades de drogas em Guarapari

Ao todo, mais de 300 buchas e 33 tabletes de maconha foram apreendidos. Além disso, a PM também apreendeu 280 pinos de cocaína e 132 pedras de crack

Anúncio

ifes_guarapari

Ifes de Guarapari vai ofertar curso superior gratuito em Ciências da Natureza

O processo seletivo acontecerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Sinduscon Anchieta (11)

Posse de diretor formaliza Regional Litoral Sul do Sinduscon-ES em Anchieta

Anúncio