Anúncio

Projeto de Guarapari vende produtos para ajudar animais resgatados das ruas

Por Sara de Oliveira

Publicado em 4 de agosto de 2019 às 12:00
Atualizado em 5 de agosto de 2019 às 08:03
Anúncio

O Ajuda Pet existe há dois anos, dando suporte a protetores de animais não só do município de Guarapari, mas também de outras cidades da Grande Vitória.

Material vendido pelo projeto. Toda renda é direcionada para o suporte de protetores de animais. Fotos: Arquivo Pessoal Patrícia.

Um projeto de Guarapari utiliza o empreendedorismo para ajudar animais resgatados das ruas. O “Ajuda Pet: Não ao Abandono” é uma iniciativa pessoal que atua dando suporte a protetores de cachorros e gatos do próprio município e de outras cidades da Grande Vitória. Para isso, o projeto comercializa uma série de produtos, com o intuito de reverter a renda para a castração, tratamento e até compra de ração para os bichinhos.

A administradora Patrícia Gonçalves, fundadora da inciativa, explica que sempre esteve envolvida com a causa animal, mas a ideia de criar o Ajuda Pet surgiu há dois anos, quando percebeu a falta de estrutura de protetores dos animais. “Eu vi que a busca por ajuda é imensa e que viver de ficar pedindo coisas em redes sociais, muitas vezes, não surte efeito. Então comecei a pensar em formas de arrecadar recursos e mobilizar as pessoas”, informa.

Patrícia conta que, a partir de então, formou parceria com uma artesã e começou a confeccionar e vender chaveiros de feltro, revertendo a renda para abrigos e protetores individuais. “Depois disso, o projeto cresceu e agora vendemos canecas, bolsinhas, garrafas, bonecos, entre outros. Nós temos parcerias com lojas, que pegam os produtos para vender, expomos em feiras e eventos, além dos voluntários que vendem no trabalho e nas escolas”, destaca.

Antes e depois do Xingú, resgatado em Maio no bairro Ipiranga, em Guarapari.

A moradora de Guarapari explica que a venda dos produtos dá suporte a pessoas que acolhem animais das ruas, mas não tem condições de oferecer os tratamentos que os bichinhos precisam. “O protetor tem boa vontade, mas muitas vezes não tem recursos para pagar uma consulta para o cachorro. Muitos deles até ficam endividados, porque pessoas se oferecem para ajudar a pagar o tratamento, mas não cumprem”, relata.

De acordo com Patrícia, o foco principal do projeto é a castração dos animais, mas eles também realizam doações fixas de ração para o Abrigo Bichos Carentes de Guarapari, que acolhe 130 cães. Além da venda dos produtos, o Ajuda Pet também realiza outras ações para arrecadar recursos em prol dos animais resgatados. “O projeto tem uma conta no PicPay, onde recebe doações voluntárias, e também fazemos campanhas quando surge alguma emergência”, explica.

Chaveiro produzido pelo projeto.

 

Atualmente, o Ajuda Pet está promovendo uma vaquinha online com objetivo de arrecadar recursos para castrar cinco cadelas de rua de Guarapari. “Para fazer uma castração, nós temos que vender de 40 a 50 produtos. Por isso, decidimos fazer a vaquinha para conseguir ajudar mais cachorras de uma vez só”, esclarece Patrícia. A administradora enfatiza a importância do procedimento cirúrgico para diminuir a quantidade de animais nas ruas. “O crescimento do abandono é exponencial. Castrar essas cadelas é uma forma de amenizar esse problema”, declara.

A voluntária conta que, ao longo do tempo, a iniciativa foi adquirindo novos “braços”. Como é o caso do Projeto Anjos de Rodinhas, que confecciona cadeiras de roda, feitas com PVC, e doa para animais resgatados que tenham recebido diagnóstico de paralisia irreversível. “A doação é feita para protetores que não tem condições financeiras e comprovem que a paralisia do animal é definitiva, porque cachorros que só tem uma dificuldade de andar não podem usar a cadeira”, afirma. Patrícia informa que a ferramenta já passou pela avaliação de um veterinário ortopedista, que validou a utilização.

Para a moradora de Guarapari, os resultados alcançados com o projeto, recompensam todo o esforço. “O Ajuda Pet já salvou diversas vidas. Hoje, a gente vê centenas de agradecimentos na nossa página, porque a nossa missão é transformar a realidade desses animais. E nós fazemos isso aos poucos, ajudando um de cada vez”, enfatiza.

Serviço

Onde encontrar o Ajuda Pet?

Instagram: @projetoajudapet

Link Vaquinha Online

Doações no PicPay: @projetoajudapet

Preços dos produtos: Chaveiros, Copos, Canecas e Shakeiras: variam de R$ 10,00 a R$ 15,00. Bonecos e outros produtos sob consulta, pois são personalizados

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta isola praias para enfrentar o avanço da Covid-19

O Município expediu ontem (29) dois novos decretos tratando de medidas de prevenção ao avanço do novo coronavírus (Covid-19)

prefeitura

Guarapari: Prefeitura propõe novo piso salarial para agentes de saúde e de combate a endemias

Para explicar o projeto, ontem (29), as Secretarias de Saúde (Semsa) e de Administração (Semad), realizaram um reunião com alguns representantes das categorias

Anúncio
Anúncio
office-1574717_1280-1-1024x700

Novo documento reúne medidas econômicas para enfrentamento à Covid-19 no ES

sala de aula1

Escolas e faculdades permanecem fechadas no Espírito Santo até o final de junho

Novo decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial, neste sábado. Cinemas e teatros também seguem fechados e shows suspensos

Shopping Vitória

Shoppings poderão reabrir a partir de segunda-feira (01) no ES

Está proibida a entrada de menores de 12 anos, assim como o funcionamento de cinemas, teatros e eventos

dom-bernardo-pizza

Festival Delivery Gastronômico terá início nesse domingo (31) em Anchieta

Cerca de 16 comércios do município aderiram à novidade, que seguirá até setembro