Anúncio

Radioatividade de Guarapari pode ser uma porta para Marte

Por Gabriely Santana

Publicado em 16 de dezembro de 2015 às 18:14
Atualizado em 16 de dezembro de 2015 às 18:26

Anúncio

Se você pensava que as belas areias monazíticas de Guarapari serviam apenas para fins terapêuticos, está muito enganado. É que segundo o site americano especializado em assuntos tecnológicos Cnet ela pode ser uma porta para o espaço, ou melhor, para o planeta Marte. Estudos revelam que o município está entre as quatro cidades do mundo que possui níveis elevados de radiação.

download

Visitar Marte pode ser possível para Guaraparienses. E você? Teria coragem?

Segundo o artigo, a NASA está selecionando candidatos para viver no planeta vermelho, mas não existe fórmula para criar astronautas resistentes à radiação. O interessante é que em algumas partes do mundo, pessoas já convivem com uma quantidade elevada e poderiam embarcar nessa aventura sem riscos. É o caso da Cidade Saúde.

Entre as pessoas que enfrentam estes níveis elevados, além dos moradores de Guarapari, apresentam também níveis muito altos de radiação natural, talvez um dos maiores do planeta, a cidade de Ramsa no Irã. Pessoas em Yangjiang , China, também vivem com níveis de radiação três vezes maior que a média mundial. Em Karunagappally , na Índia, a história é a mesma.

Em entrevista anterior ao Jornal Folha da Cidade, o doutor em física nuclear, Marcos Tadeu Orlando, revelou que o nível de radioatividade encontrado na Praia da Areia Preta é 13 vezes maior que o considerado padrão. “Mas de maneira nenhuma se trata de algo nocivo. A radiação é perigosa quando está acima de 60, 70 vezes o normal, que é de 0,02 microsievert. Também não podemos esquecer que o caso de Guarapari é proveniente da própria natureza, não foi nenhum acidente de laboratório ou de manipulação pelo homem”, destacou.

O físico completa que pouquíssimos lugares no mundo têm essa característica curativa. “A radioatividade de Guarapari é a base do elemento Tório, enquanto que no restante do globo, é o Urânio . Apenas uma praia na Índia é parecida, mas não com as mesmas condições. Lá a areia é muito granulosa e o nível de radiação, mais fraco”.

Infelizmente, nenhuma das pessoas de Guarapari e das outras cidades “radioativas” podem se candidatar para o programa da NASA, pois a organização só está empregando candidatos americanos. Mas e você? Teria coragem de ir para marte? Quem você levaria junto? Ou melhor, quem você mandaria pra lá?

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

74-mapa-de-risco-covid-19-1

Governo do Espírito Santo divulga 74º Mapa de Risco Covid-19

amarelo-setembro-2021-09-24

Ação em Guarapari busca conscientizar sobre importância da saúde mental

Ação acontece neste sábado (25), no Centro da cidade

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução/Pixabay

Câmara derruba veto e promulga lei contra nomeação de condenados por violência contra a mulher em Guarapari

Pfizer-COVID-19-Vacine

Ação de vacinação gera dúvidas; prefeitura de Guarapari esclarece

Anúncio

filhos procuram pai21

Sem encontrar o pai há mais de 30 anos, filha busca notícias em Guarapari

A família morava no município até a separação do casal; a mãe foi com os filhos para o Rio de Janeiro

pfizer

Pfizer: Guarapari faz ação com 12 mil doses para imunizar diversos grupos contra Covid-19

Imunização acontece amanhã (25) em Unidades de Saúde do município

Anúncio