Anúncio

Reflexos da Covid-19 nos benefícios previdenciários

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 25 de abril de 2020 às 15:00
Atualizado em 24 de abril de 2020 às 15:00
Anúncio

Por Drª Bianca Adão Peruggia (*) Advogada OAB/ES 32.032

Imagem Ilustrativa.

O Brasil passa por uma fase crítica diante da crise causada pelo Covid-19 (coronavírus), que afetou a saúde dos brasileiros e provocou danos sociais e econômicos.

Deste modo, a Previdência Social também foi alvo de reflexos da crise, necessitando de medidas para evitar que o pior aconteça com os beneficiários do INSS. São elas:

Quanto ao auxílio-doença, foi informado através do Secretário Especial da Previdência e Trabalho que o INSS pagaria os primeiros 15 dias de afastamento do trabalho dos segurados em caso de coronavírus, porém, ainda não existe um Projeto de Lei ou Medida Provisória aprovados neste sentido, permanecendo a lei que obriga os empregadores a pagar os primeiros 15 dias de afastamento e apenas após o 16º dia o INSS custeará o afastamento do empregado.

Quanto à prova de vida, sendo esta obrigatória para que o benefício continue sendo pago, o INSS publicou a Portaria nº 373/2020 que determina a suspensão por até 120 dias da necessidade de comprovação de vida. Portanto, durante este período fica proibido o bloqueio do benefício pelo INSS.

Quanto ao 13º salário, para reduzir os impactos da pandemia, o Ministério da Economia adiantará as parcelas de aposentados e pensionistas do INSS, com pagamento da primeira parcela neste mês de abril e outra em maio. Deste modo, a população mais vulnerável receberá de forma antecipada e ainda estimulará a economia do país.

Quanto à perícia e cumprimento de exigência no INSS, os beneficiários estão dispensados, não possuindo atendimento presencial nas agências da autarquia. Para isso, é necessário enviar os documentos solicitados através do sistema “Meu INSS” para devida comprovação e análise do requerimento.

Com isso, os reflexos abordados são medidas emergenciais que visam diminuir os impactos causados pelo Covid-19 aos segurados e seus familiares que necessitam da continuação do recebimento de seus benefícios para não lhes faltar o sustento de cada dia.

 

(*) Drª Bianca Adão Peruggia – OAB/ES 32.032

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

cursos-online

Qualificar ES abre mais 36 mil vagas em cursos on-line gratuitos no Estado

Foto: Reprodução

Mais duas mortes causadas pelo novo Coronavírus são registradas em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Hifa Dia das Crianças

Hifa Guarapari e grupo “Cheios da Graça” realizam ação em prol do Dia das Crianças

O objetivo é arrecadar lápis, lápis de cor, giz de cera, canetinha colorida, apontador, gibis, livrinhos passatempos de palavras cruzadas e caça palavras

Ideb-11072019

Educação de Guarapari destaca-se como melhor Ideb entre os municípios da região metropolitana

Anúncio
praia cheia feriado

Qual é a verdadeira vocação turística de Guarapari, hoje?

imagem para o artigo

Artigo: É possível realizar divórcio online?

Anúncio