Anúncio

Reparo da EDP na ponte de Guarapari provoca engarrafamento e reclamações

Por Aline Couto

Publicado em 30 de dezembro de 2019 às 12:03
Atualizado em 30 de dezembro de 2019 às 13:09
Anúncio

Fotos: Folha Online.

Um grande engarrafamento parou o Centro de Guarapari nesta manhã. A EDP, empresa que fornece energia elétrica para o Estado, fechou parte da ponte da cidade, sentido Muquiçaba, para realizar reparos nos postes do local. Com a cidade cheia de turistas para a virada do ano e o verão, o bairro se tornou um caos e houve muita reclamação quanto à necessidade do serviço ser feito em horário de grande movimento.

O morador de Guarapari, colunista do folhaonline.es Antônio Ribeiro, reclamou da situação e principalmente do calor que todos passaram durante o engarrafamento. “Dos 365 dias do ano, cinco não podem ser usados para serviços no Centro. Ano Novo e Carnaval. E hoje, resolveram trocar postes no acesso à ponte. Resultado: Todo o Centro parou bem no calorão. Se pelo menos fizessem à noite, seria melhor a todos”.

Além de Antônio, o turista mineiro, Vítor Almeida, acostumado a frequentar a “Cidade Saúde”, estava indignado com o caos que se tornou o Centro na manhã de hoje. “Venho todos os anos e adoro, trago toda minha família. Mas nessa época ano, momento que a cidade triplica de população, fazer um serviço durante a manhã quando os turistas estão indo a praia e os moradores para o trabalho, não tem condições”, disse.

A empresa responsável pelo serviço foi procurada e questionada se estava acontecendo uma obra e porque estava sendo feita naquele horário. A resposta veio através de nota. “A EDP informa que não está sendo realizada obra na ponte de Guarapari. Uma equipe esteve no local realizando um reparo emergencial e que já foi finalizado. A equipe não está mais no local”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Imagem artigo

Artigo: O uso indevido da Lei Maria da Penha

E o reflexo prejudicial às mulheres que de fato precisam da proteção legal

Foto: Reprodução

Grupo de doadores de sangue de Guarapari convoca voluntários para ação

O Projeto Esther-Doe Sangue Salve Vidas realiza doação pelo menos duas vezes por mês com transporte gratuito para os voluntários

Anúncio
Anúncio
AfroChaves

Alfredo Chaves: associação recolhe óleo usado para fabricar sabão e doar

classroom-2093743_1280

Governo do ES autoriza aulas presenciais a partir de 05 de outubro

A suspensão das aulas foi uma das primeiras medidas de enfrentamento à pandemia tomadas em março.

Anúncio
Parque de Itaúnas - Paulo Sena - Seama

Parques estaduais abrirão neste final de semana

EscolaAlfredo

Em meio a aulas online, escola de Alfredo Chaves inova e cria atividades práticas a distância

Anúncio