Anúncio

Retorno da Samarco até 2017 é viável, diz Diretor da Vale

Por Gabriely Santana

Publicado em 18 de outubro de 2016 às 16:36
Atualizado em 18 de outubro de 2016 às 16:36
Anúncio

O retorno das operações da mineradora Samarco até meados de 2017 “sem dúvida alguma” é viável, afirmou nesta terça-feira (18) o diretor-executivo de Recursos Humanos, Saúde & Segurança, Sustentabilidade e Energia da mineradora Vale, Clovis Torres, após participar da abertura do World Mining Congress, no Rio de Janeiro.

Samarco (1)

Samarco pode voltar as suas operações em 2017

“Não faz sentido imaginar que toda vez que existir um acidente, como penalidade, a empresa tenha que deixar de existir… Tem que corrigir sim o erro que teria ocorrido, melhorar a situação das comunidades e fazer justamente o que é o propósito de sua existência, gerar emprego, gerar tributos, gerar riquezas”, afirmou Torres.

A Vale é uma das proprietárias da Samarco,  junto com a anglo-australiana BHP Billiton. A Samarco interrompeu suas operações após o rompimento de sua barragem de rejeitos de mineração em novembro de 2015. Atualmente, a empresa busca licenças para a deposição de rejeitos de sua atividade minerária para que possa retornar às operações, algo fundamental para que ela possa arcar com pagamentos de compromissos financeiros e reparações pelo desastre. Torres explicou que o processo atual para as licenças prevê operações da mineradora durante três anos.

Entretanto, a Samarco já estuda entrar com novos processos de licenciamento para a utilização de outras cavas da Vale na região, para depositar rejeitos e garantir operações por outros 12 anos.

Com informações do Valor Econômico

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Profissional da saúde com Covid-19 é encontrada trabalhando em Guarapari

Descumprir o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública

civilpm

Policiais prendem um suspeito de assalto e outro de tentativa de homicídio em Guarapari

Anúncio
Anúncio
wendel1

Vereador de Guarapari poderá ser condenado a devolver dinheiro e a pagar multa

MPC pede condenação de Wendel Lima, então presidente da Câmara em 2017, por autorizar despesas sem interesse público

capa jose luiz

Médico que mora em Guarapari vence a Covid-19 e compartilha luta contra o vírus

“A gratidão é por uma nova chance da vida. A missão dele como médico ainda não acabou”, declarou a esposa e aliada de batalha

Anúncio
Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari confirma 7º óbito; Sobe para 111 número de curados

A vítima fatal da doença residia em Muquiçaba; Município não registra novos casos desde o último sábado (23)

cesta-basica-217391-article

Prefeitura de Guarapari realiza cadastramento para recebimento de cestas básicas

A ação tem por objetivo beneficiar famílias em situação vulnerabilidade social, em decorrência da pandemia do novo coronavírus