Anúncio

Rotativo continua suspenso e o futuro dos fiscais incerto…

Por Glenda Machado

Publicado em 20 de janeiro de 2016 às 21:41
Atualizado em 20 de janeiro de 2016 às 21:41
Anúncio

Mais uma decisão judicial mantém incerto o futuro dos 67 funcionários do rotativo e da cobrança pelo estacionamento em Guarapari. Tudo está nas mãos da justiça.  Isso porque uma decisão do desembargador Fernando Estevam Bravin Ruy do Tribunal de Justiça do Estado indeferiu ontem, o pedido de reconsideração da liminar que suspendeu o rotativo no dia 8 de janeiro.

A VGN – Vista Gropu Netwoork – empresa ganhadora da licitação para explorar o rotativo na cidade por 20 anos – entrou com um agravo instrumental no dia 13 de janeiro contra a decisão do juiz Marcelo Matar Coutinho da Vara da Fazenda Pública de Guarapari. Mas o TJES manteve a suspensão e em caso de descumprimento tanto da empresa quanto da prefeitura estão sujeitas à multa diária de R$ 15 mil.

A empresa não quis se manifestar no momento. E os 67 funcionários temem perder novamente o emprego como aconteceu em agosto, quando 63 fiscais foram demitidos depois de três meses recebendo mesmo sem trabalhar. Um deles, que preferiu não se identificar, disse que os fiscais ainda não têm nenhuma posição da empresa quanto à nova decisão judicial.

São dois processos em tramitação impetrados pela Associação de Comerciantes de Guarapari. A primeira ação civil pública, de julho do ano passado, questiona principalmente a legalidade da lei que seria considerada inconstitucional por partir legislativo. E, depois, o prefeito ao invés de revogar a então lei, apenas alterou alguns dispositivos.

A outra impetrada no início deste ano foi contra a jogada política da prefeitura com a Câmara de Vereadores. O legislativo aprovou uma nova lei referente ao rotativo – agora de autoria do executivo – mas manteve a licitação anterior. O questionamento foi levado ao juiz que manteve a suspensão paralisando as atividades que durou apenas três dias.

Entre idas e vindas, vamos te ajudar a entender todo esse processo. O Folha da Cidade fez um histórico do rotativo em Guarapari. Confira!

Jogo-do-Rotativo 

Infográfico: Renan Toledo (arte) e Gabriely Sant’Ana (texto). 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e totaliza 306 casos confirmados

Com isso, Guarapari totaliza 16 óbitos; 170 pacientes estão curados da Covid-19

lorenzuttti

Liminar: Guarapari deve apurar se houve desequilíbrio contratual com a Lorenzutti

A decisão foi baseada nas medidas tomadas pelo município diante da pandemia da Covid-19, que impactaram negativamente a economia da empresa

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação

Polícias Civil e Militar prendem autores de homicídios e realizam apreensão de drogas em Anchieta

A operação intitulada “Pitoco Assassino” cumpriu 10 mandados de prisão e foi concluída com sucesso graças ao trabalho integrado das polícias capixabas; Operação Sentinela apreende drogas, arma e munição

sala de aula1

Guarapari irá disponibilizar atividades não presenciais para alunos do município

Caberá aos professores, o apoio remoto aos alunos e às famílias na orientação e realização das tarefas

Anúncio
Imagem: HM Propaganda

Novo folhaonline.es bate primeiro recorde de acessos simultâneos

A plataforma manteve a estabilidade com quase mil usuários ativos ao mesmo tempo

subsecretario ES

‘Em algum momento será esgotado’, diz subsecretário sobre expansão dos leitos para Covid-19 no ES

Reblin afirmou ainda que a necessidade de expansão está associada a capacidade de distanciamento social no estado